Requerimento da CPI do Lixo é protocolado na Câmara de Aracaju

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 09/03/2017 às 00:08:00

O requerimento que pede a instauração da CPI do Lixo em Aracaju foi protocolado ontem (08), na Câmara Municipal de Aracaju. O motivo da instauração da Comissão Parlamentar de Inquérito é devido ao processo de contratação emergencial da empresa Torre, que voltou a operar na capital com um contrato no valor de mais R$ 42 milhões.

Segundo o líder da oposição Elber Batalha, era necessária a maioria simples de assinaturas dos vereadores da Casa, ou seja 1/3 dos parlamentares. O líder da oposição disse que houve uma adesão acima do esperado para que o processo seja iniciado na Câmara de Aracaju. “Essa é a prova de que a Câmara de Aracaju é independente e não vai se curvar diante das arbitrariedades impostas pelo prefeito Edvaldo Nogueira. Com esta CPI vamos investigar processos da Torre desde 2010, quando Edvaldo também era o prefeito de Aracaju. Agora o requerimento vai a plenário e esperamos que ele seja aprovado e, assim, seja aberta a CPI do Lixo de Aracaju”, espera.

Além do vereador Elber, o requerimento nº 124/2017 foi assinado por Iran Barbosa (PT), Lucas Aribé (PSB), Cabo Amintas (PTB), Kitty Lima (Rede), Fábio Meireles (PPS), Vinicius Porto (DEM), Américo de Deus (Rede) e Emília Correia (PEN).