Canal de Xingó em pauta

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 09/03/2017 às 00:16:00

Rita Oliveira

 

Canal de Xingó em pauta

 

Como a coluna já divulgou o governador Jackson Barreto (PMDB) disse que vai procurar na próxima semana, em Brasília, o líder do governo no Congresso Nacional, deputado federal André Moura (PSC), para saber se está disposto a ajudar ao estado na crise hídrica. Vai propor que uma parte dos R$ 100 milhões de emenda de bancada destinados para a Codevasf nacional seja utilizada na contratação do projeto estruturante para construção do Canal de Xingó.

Segundo Jackson, as obras do Canal de Xingó, em Alagoas, estão bem adiantadas. “Já está na quinta etapa e Sergipe não tem nem dinheiro para pagar o antiprojeto. Vamos desarmar os espíritos. Está na hora de pegar esse dinheiro da emenda impositiva para fazer o projeto e contratar a obra”, afirmou, lembrando que os estados de Sergipe e Alagoas são os mais afetados pelas obras de transposição do Rio São Francisco pelo fato das águas do Velho Chico desaguarem nos dois estados.

No seu entendimento, André Moura é o líder do governo no Congresso Nacional e pode ajudar a colocar o projeto para andar, assim como toda a bancada. “Esse é o momento. São R$ 100 milhões de emenda do estado e André é o líder. Não é um pedido de recursos para Sergipe. Tem uma emenda impositiva que o governo é obrigado a liberar”, afirmou, enfatizando que com R$ 40 milhões a Codevasf pode licitar o projeto estruturante.

Foi só o governador falar desse seu projeto de procurar André Moura para tratar do Canal de Xingó, que o senador Antônio Carlos Valadares (PSB) acabou dando uma boa notícia para os sergipanos. Disse que a presidente da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba (Codevasf), Kénia Marcelino, informou que o Canal de Xingó já tem o seu pré-projeto pronto e pago.

Lembrou que enquanto era presidente da Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo (CDR) do Senado Federal coordenou no dia 9 de agosto de 2013, em Aracaju, o Seminário de Desenvolvimento Regional e Turismo no Nordeste. “O evento promoveu a assinatura de importantes documentos para a região e entre eles autorização para a licitação do anteprojeto da primeira etapa da construção do Canal de Xingó, no valor de R$ 6,7 milhões, entre o então Ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, e governo do Estado”, disse.

Segundo o senador, o canal em sua primeira etapa terá uma extensão de 130 km, começando na Bahia e penetrando em Sergipe nos municípios de Canindé e Poço Redondo.

Como está faltando licitar o anteprojeto do Canal de Xingó, que a bancada federal realmente se una nesse sentido. Que o governador, deputados federais e senadores, juntos, trabalhem para que iniciem as obras do canal, tão fundamental não só para Sergipe, mas para todo o Nordeste. Até porque dinheiro já tem para isso: os R$ 100 milhões da emenda impositiva.

Quem ganha com isso é Sergipe.

...........................................................................................

Em Sergipe

O senador Antônio Carlos Valadares (PSB) disse ontem que ainda neste mês a presidente da Codevasf, Kênia Marcelino, vem a Sergipe para anunciar os próximos passos para o início das obras do Canal de Xingó. Todos estão na torcida por isso.

 

Privatização da Deso 1

O governador Jackson Barreto (PMDB) determinou a revogação do decreto que autorizava, por meio da Agrese, um estudo de viabilidade econômica e jurídica para a realização de uma Proposta de Manifestação de Interesse (PMI) para privatização da Companhia de Abastecimento de Sergipe (Deso).

 

Privatização da Deso 2

Três empresas tinham demonstrado interesse no tema. Com a revogação do decreto, esse assunto será tratado exclusivamente pelo BNDES, que está realizando estudos nos estados do Piauí, Pará, Acre, Alagoas, Sergipe, Rio de Janeiro, Maranhão, administrados por governadores de vários partidos.

 

Privatização da Deso 3

Deputados estaduais da bancada aliada do governador Jackson Barreto (PMDB) tem se manifestado contrários à privatização da Deso. Depois de Zezinho Guimarães (PMDB), ontem foi a vez do deputado recém empossado Moritos Matos (Pros) declarar apoio a luta dos trabalhadores da Deso contra a privatização, durante visita dos dirigentes do Sindisan ao seu gabinete.

 

No interior

O governador tem agenda hoje em Santa Luzia do Itanhi. Pela manhã inaugura a rodovia Adil Dantas do Amor Cardoso, que liga Santa Luzia do Itanhi ao povoado Crasto, dá início a obra de esgotamento sanitário e autorização para licitação da Orla do Crasto. Pela tarde, JB participará da abertura do Seminário do Programa Mão Amiga, no Centro Cultural Tânia de Sales Soutelo, sede do município de Santa Luzia do Itanhi.

 

De volta a Alese 1

Por 5 x 4 o pleno do Tribunal de Justiça de Sergipe cassou ontem a liminar que impediu o ex-vereador de Aracaju Tijói Barreto Evangelista (PR), conhecido como Adelson Barreto Filho, de assumir  mandato de deputado estadual na condição de primeiro suplente. Em 02 de janeiro, Tijói foi empossado como deputado na vaga de Gilson Andrade (PTC), eleito prefeito de Estância, mas liminar no dia 09 determinou a sustação da sua posse por ser réu em um processo criminal pela acusação de envolvimento na Operação Indenizar-se, que investiga utilização indevida de verbas indenizatórias da Câmara Municipal.

 

De volta a Alese 2

O pleno do TJ julgou o Agravo Regimental impetrado pelo presidente da Assembleia Legislativa, Luciano Bispo, com relação a liminar cassando a sua posse. Entendeu que a proibição de exercer "qualquer outra função pública que venha a ser nomeado, definida pela decisão da Câmara Criminal do TJSE contra Tijoi Barreto Evangelista, não se estende a cargos eletivos, na medida em que o cargo de deputado é função política, onde o eleito não é nomeado e sim diplomado, escolhido pelo voto popular no exercício da sua soberania no regime democrático”.

 

De volta a Alese 3

A Assembleia Legislativa deve ser notificada da decisão do Tribunal de Justiça até essa sexta-feira. Na próxima segunda-feira, Adelson Barreto Filho já deverá marcar presença no plenário da Casa.

 

Já deixou a Alese

Quem estava na cadeira de Adelson Barreto Filho era o terceiro suplente Daniel Fortes (PEN). Já na última sexta-feira, a Justiça tinha determinado a suspensão da sua posse, através de ação movida por Tijói alegando que não poderia ter determinado a posse de Fortes antes do Tribunal de Justiça julgar para quem iria ficar a vaga.

 

Vai recorrer

Só ontem, no início da tarde, a Assembleia Legislativa foi notificada do afastamento de Daniel Fortes, que já não compareceu à sessão dessa quarta-feira da Alese. Daniel se despediu da Casa em discurso em plenário, proferido na última terça-feira. A assessoria jurídica do suplente de deputado vai recorrer ao Superior Tribunal de Justiça (STJ).

 

CPI do Lixo 1

Com pouco mais de dois meses de mandato, o prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB) já pode enfrentar a primeira CPI na Câmara Municipal. Nove vereadores assinaram ontem e deram entrada na Casa em requerimento pedindo a instalação da CPI do Lixo na capital, em razão do processo de contratação emergencial da empresa Torre, por um valor de mais R$ 42 milhões, correspondente a R$ 9 milhões a mais cobrado pela Cavo.

 

CPI do Lixo 2

Assinaram a CPI os vereadores Elber Batalha (PSB), Iran Barbosa (PT), Lucas Aribé (PSB), Cabo Amintas (PTB), Kitty Lima (Rede), Fábio Meireles (PPS), Vinicius Porto (DEM), Américo de Deus (Rede) e Emília Correia (PEN). Era necessário apenas oito assinaturas, ou seja, 2/3 dos vereadores. A CPI pode não vingar pela suspensão do contrato emergencial com a Torre, por decisão judicial determinando a prorrogação do contrato da Emsurb com a Cavo.

 

No Senado

Os três senadores de Sergipe usaram ontem, Dia Internacional da Mulher, a tribuna do Senado para falar sobre a mulher. Valadares (PSB) manifestou apoio ao movimento das mulheres. Maria do Carmo (DEM) saudou a aprovação, na CCJ, do projeto de lei que estabelece um mínimo de 30% de vagas para mulheres nos conselhos de administração em empresas públicas e sociedades de economia mista. Já Eduardo Amorim (PSC) cobrou a urgente implantação de políticas públicas de combate à violência contra a mulher.

 

 

CURTAS

 

O deputado estadual Gustinho Ribeiro negou ontem que pretende entregar o comando da Funesa, pela interferência direta do secretário Almeida Lima (Saúde). Garante que tem uma boa relação com Almeida. 

 

A deputada estadual Silvia Fontes (PDT) tem dito que em 2018 ela disputará a reeleição e o esposo, o ex-prefeito Fábio Henrique (PDT), concorrerá à Câmara dos Deputados.

 

A grande expectativa hoje da sessão do pleno do Tribunal de Contas do Estado é para apresentação de um relatório constando o salário recebido pelos prefeitos de Sergipe. Sabe-se que é grande a disparidade, com prefeitos de pequenos municípios ganhando quase R$ 30 mil de salário.

 

O líder do governo no Congresso Nacional, André Moura (PSC), disse ontem que através do seu trabalho na liderança do Congresso vai buscar fazer de Sergipe um estado cada vez melhor.

 

Nesta quinta-feira, o Senado realizará, às 9h, uma Sessão Especial para comemorar o Dia Mundial do Rim. Segundo o senador Eduardo Amorim (PSDB-SE), que foi o autor do pedido, o evento é uma maneira de chamar a atenção para as doenças que afetam o órgão, como a doença renal crônica, que tem aumentado em todo o mundo.

 

-------------------

Durante a tarde de ontem o senador Eduardo Amorim (PSDB-SE) acompanhou o líder do governo no Congresso Nacional, André Moura (PSC-SE), em visitas de cortesia ao presidente do Senado e do Congresso Nacional, Eunício Oliveira (PMDB-CE) e ao líder do PSC no Senado, Pedro Chaves (PSC-MS).

Eduardo tem acompanhado as primeiras agendas de André nessa nova empreitada e participado ativamente das principais discussões. Ainda nesta semana os parlamentares farão uma visita ao líder do PSDB no Senado, Paulo Bauer.