Operação da GM reduz estatística de violência em Aracaju

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Guardas municipais fazem ronda em terminal de ônibus. Foto: Divulgação
Guardas municipais fazem ronda em terminal de ônibus. Foto: Divulgação

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 21/03/2017 às 00:44:00

Desde o mês de fevereiro, a segurança nos terminais de integração de Aracaju foi reforçada através da operação 'Terminal Seguro', executada pela Guarda Municipal de Aracaju (GMA) e o número de assaltos foi ainda menor, aproximadamente 62% a menos que fevereiro de 2016.

A operação, realizada pelos grupamentos da Ronda da Capital (Rondac), da Ronda dos Mercados (Rondam), do Grupo Tático Operacional (GTO) e do Grupamento Especializado de Motopatrulhamento (GEM), consiste no reforço do patrulhamento preventivo dos terminais de integração e adjacências nos horários de maior fluxo de passageiros e de maior incidência de crimes. Além disso, as principais vias de circulação dos ônibus estão recebendo uma atenção especial, com patrulhas motorizadas e orientadas para parada e veículos e abordagem de passageiros suspeitos.

A diminuição foi de 58% no número de assaltos a ônibus em janeiro, se comparado ao mesmo mês de 2016. "Hoje podemos notar uma sensação de segurança maior na população aracajuana que utiliza o transporte público. Devido à atuação da Guarda e dos demais órgãos, conseguimos unir forças e trazer o melhor para a população", comemora o diretor-geral da GMA, o subinspetor Fernando Mendonça.

A implantação do Plano Nacional de Segurança na capital, em fevereiro, faz parte das ações que geraram bons resultados. O foco do Plano é o trabalho integrado. Ele conta com a integração da Guarda Municipal de Aracaju, polícias Civil, Militar e Federal, além dos 120 homens do Exército. Desde o início do ano, a Guarda Municipal já realizou 62 prisões, recuperou oito veículos, apreendeu 68 facas e cinco armas de fogo, dados que representam a atuação constante da corporação no combate à violência.

A população também pode enviar denúncias e solicitações para a Guarda via WhatsApp, através do número (79) 98166-7790, seja através de mensagens de texto, áudio, imagens ou vídeos. Para denúncias telefônicas, a população deve utilizar o número 153. Ambos os serviços estão disponíveis 24 horas e estão colaborando com a diminuição da violência.