INDEPENDE DE REGULAMENTO

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 23/08/2012 às 01:00:00

1 - A convivência com o professorado de educação física tem sido longa. Desde os tempos de dirigente estudantil no Grêmio Cultural "Clodomir Silva" - Atheneu - e USES, junto com Wellington Mangueira, que ando mexendo na atividade esportiva. Wellington era o político na defesa do social igualitário, mas, no esporte, gostava, e muito, sendo inclusive técnico de vôlei feminino onde "Boquinha" tinha oportunidade de ficar mais perto das meninas, naquele tempo muito difícil, olhando para o joelho de Mica já que ninguém usava os curtos calções de hoje. Ainda não era casado com Laurinha. Pois é, o professorado de Educação Física, a grande maioria de leigos, já se fazia presente nas quadras organizando e dirigindo Torneios Estudantis Verdadeiros abnegados que foram tomando consciência da necessidade da regularização da profissão de Educação Física. Uma história de lutas, bonita. Tudo ficou mais dinâmico na década de 80.

2 - Mas, a primeira mobilização ocorreu no final de 70, ocasião que um grupo de professores, em Brasília, nos Jogos Estudantis Brasileiro, começou a discutir a regularização e depois cada um participante levou para os seus Estados, o tema. Tinham as Associações de Professores de Educação Física, nos estados. As APEFs, aqui em Sergipe, Ary Rezende, como Presidente. Em 84, da luta de mobilização deu origem a criação do Conselho Federal. Repito uma história bonita de lutas que chegou até a Câmara com o então presidente de República, Sarney, vetando iniciativas favoráveis a profissão. Depois o presidente Fernando Henrique Cardoso, sanciona a Lei 969698. A luta continua. Sergipe não poderia ficar de fora deste momento histórico e busca a sua Seccional.  Não deu pela falta de número. Segundo Gilson Dória "tudo foi esbarrado no preconceito cultural da descrença e do vamos esperar para ver o que dá". Dos 2.000 requisitados pela Lei o pessoal da terra chegou aos 207 inscritos, sendo então criado o CREF-05 com Ceara, Bahia, Pernambuco Alagoas e o nosso Sergipe.

Meio de Campo
PRISCILA

Hoje uma data especial. Sem pedir licença a Sacuntala que anda abafando com o seu Suplemento Social, aos domingos, aqui no Jornal do Dia, registro hoje a data natalícia de Priscila que não é do time de Ginástica Rítmica como a irmã Cila, mas, integra a equipe da Procuradoria do Estado na busca do direito para todos. È só cantar os parabéns e receber os presentes.  A idade? Não importa - é gente boa...

CIELO GANHA OURO

Cesar Cielo conquistou sua primeira medalha de ouro no Troféu José Finkel, em São Paulo. O nadador completou a prova dos 50 m livre em 20s59 e venceu a prova sem muitas dificuldades.

Cartão Amarelo
Faltam atletas inscritos nos times da segunda divisão.

Cartão Vermelho
Esse negócio que será campeão da Copa com dois resultados iguais. E duas derrotas seguidas e iguais?

Gol de Placa
Acertaram na escolha dos dias quarta e domingos para o futebol. A primeira renda já melhorou.