Jackson ressalta ganhos para Educação com implantação das escolas em tempo integral

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 28/03/2017 às 00:26:00

Após selecionar, por meio de Processo Seletivo Simplificado (PSS), os professores e gestores que irão atuar nas escolas de tempo integral em Sergipe, o Governo do Estado iniciou nesta segunda-feira, 27, a formação dos profissionais no programa Educa +. O governador Jackson Barreto participou da solenidade de abertura e reafirmou o compromisso de melhorar os índices com relação a evasão escolar, reprovação escolar e aprovação de estudantes da rede estadual em instituições de ensino superior.

Para Jackson Barreto, inicia-se uma nova etapa da Educação em Sergipe, que salta de quatro unidades de ensino integral para 28 até o fim deste ano. Em 2019, serão 39 unidades com modelo de ensino integral.

“Acredito que o governo atinge o ápice da Educação com a implantação, de forma definitiva, de escolas em tempo integral. Saímos de uma estatística de 1.800 alunos matriculados em unidades de ensino nesse modelo para mais de 5.000. Hoje, temos quatro escolas com ensino integral. Até o fim deste ano, serão 28. No fim do meu mandato, serão 39. Essa vai ser a vitória da Educação, da escola pública, de Sergipe e dos professores que compreendem a importância de escola em tempo integral. Sergipe está contribuindo para melhorar a qualificação do ensino público. E estou extremamente feliz com a participação dos senhores professores e gestores nessa iniciativa. Fizemos uma seleção para 187 professores e tivemos uma inscrição de 1042. Como se pode ser contra a escola de ensino integral se a escola pública é onde cuidamos dos filhos do povo? Tivemos ótimos resultados nas escolas integrais na seleção do Enem, um aproveitamento superior a 90%”.

Fazendo um paralelo à solenidade que ocorreu na última sexta, 24, quando houve a inauguração da Cadeia Pública de Areia Branca, o governador Jackson Barreto comentou que se o modelo das escolas em tempo integral já tivesse em expansão em Sergipe anteriormente, talvez não fosse necessária a entrega de mais um presídio em Sergipe.

“Será que, se já tivéssemos esse modelo em toda a rede estadual, as crianças não estariam mais educadas? Será que nossas crianças não estariam mais bem orientadas e qualificadas? São questões como essa que temos que refletir sobre nosso compromisso com a Educação. Fico extremamente feliz em exercer mandato de governador e estar em solenidade de defesa da escola pública. A escola em tempo integral vai tirar crianças da rua, qualificá-las e oferecer melhor desenvolvimento”, pontuou.

O governador também o papel fundamental da educação na formação cidadã e lamentou investimentos no sistema prisional, quando os recursos poderiam ser direcionados para escolas. “Vim para cá pensando: na última sexta-feira, inaugurei um presídio em Areia Branca. Se tivéssemos ensino integral em todas as escolas da rede do estado, será que inauguraríamos presídio? Será que nossas crianças nação estariam mais bem orientadas e qualificadas? São questões que temos que pensar e avaliar nosso compromisso com a educação”.