Mulher é ferida a navalhadas no Copemcan

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 04/04/2017 às 00:36:00

Uma mulher de 20 anos que visitava o marido dentro do Complexo Penitenciário Carvalho Neto (Copemcan), em São Cristóvão (Grande Aracaju), por pouco não foi assassinada na tarde deste sábado. Segundo informações da Secretaria Estadual de Justiça, a vítima foi ferida a golpes de navalha pelo detento Cleber Silva de Jesus, processado por homicídio e preso na unidade há um ano e sete meses. Para preservar a vítima, o nome dela não será divulgado.

Os cortes foram dados principalmente na cabeça da vítima, pois, conforme a secretaria, Cleber usou a navalha para raspar-lhe os cabelos, usando de muita violência. Tudo aconteceu durante a visita íntima semanal. A jovem contou à polícia que foi tratada “com carinho” durante o início da visita, mas foi atacada um tempo depois, enquanto descansava na cela. Ao tentar se defender do preso, ela conseguiu jogar a navalha longe, mas sofreu cortes nos dedos. Sangrando bastante, ela foi socorrida pelos agentes penitenciários e atendida em um pronto-socorro.

Após receber alta, a mulher foi levada para prestar queixa na Delegacia Plantonista Sul. Apesar de ter muita gente presenciando o fato, Paloma disse que ninguém a ajudou e que só saiu da unidade quando terminou o período da visita íntima. Segundo ela, o companheiro acredita que está sendo traído e disse que vai matá-la quando sair da prisão. O vice-diretor do Copemcan, Ronny Anderson, disse que o agressor foi encaminhado para a delegacia, prestou depoimento e foi autuado em flagrante por violência doméstica.