Previsão de chuva para amanhã deixa Defesa Civil em alerta

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 04/04/2017 às 00:43:00

A partir de amanhã os sergipanos devem se deparar novamente com as fortes chuvas e rajadas de vento. Conforme estudos do Centro de Meteorologia de Sergipe, as ações da natureza tendem a ser semelhantes às registradas no último final de semana quando Aracaju apresentou 60 mm de chuva, Aquidabã 40mm, Frei Paulo 30 mm e Itabaiana e Nossa Senhora da Glória 20mm. Diante destas informações, profissionais das defesas civis, estadual e municipal, seguem em estado de alerta para possíveis sinistros, ou demais situações de emergência. Agentes do Corpo de Bombeiros também estão atentos para eventuais convocações.

Para Overland Amaral, meteorologista da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Cemese/Semarh), o temporal registrado ao longo dos últimos 15 dias é comum na mudança de estação verão/outono. A perspectiva é de diminuição na intensidade, mas com chuvas escassas em todas as regiões do estado em decorrência da aproximação do inverno. "Já era prevista diminuição das chuvas desde o final da manhã de ontem em grande parte de Aracaju. Essa situação deve permanecer nesta terça e seguir até amanhã quando os estudos mostram a possibilidade de novas pancadas de chuva, porém com intensidade inferior", disse.

Na capital, árvores caíram, semáforos foram desligados e várias ruas das zonas Norte e Sul ficaram alagadas por mais de dez horas. Com o objetivo de promover assistência versátil e de qualidade, técnicos da Defesa Civil Municipal realizaram rondas em bairros como 18 do Forte, Bugio, Santos Dumont, 17 de Março e Santa Maria, onde não foram registrados casos de periculosidade contra a integridade física dos moradores. Por decisão do comando regional, essas rondas seguem ininterruptas até amanhã, podendo ser prorrogada por tempo indeterminado em caso de novas instabilidades relacionadas à meteorologia.

"Nosso trabalho em Sergipe é em conjunto justamente para chamar a atenção dos habitantes para a possibilidade de tempo instável e de risco se comparado ao de costume. Quando se percebe mudanças significativas na previsão do tempo, de imediato repassamos as informações para os órgãos de prevenção e segurança", garantiu Overland. As árvores caídas foram recolhidas pela Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb), e os semáforos foram restabelecidos pela Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT).