Irmãos são presos por atentado com seis baleados

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 11/04/2017 às 00:24:00

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) detalhou ontem a operação conjunta da Delegacia Regional de Propriá com a Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Santos (SP), que resultou na prisão dos irmãos Edimar Silva Santos e Itamar Silva Baptista dos Santos, ambos com prisão preventiva decretada pela Comarca local. A dupla é acusada de participar do atentado que causou a morte de Rafaele Santos Silva, 19 anos, e deixou outros cinco feridos, incluindo duas crianças de 11 e 13 anos. O crime aconteceu na comunidade São Vicente, em Propriá, no dia 6 de fevereiro deste ano.

De acordo com os delegados João Eduardo e Antônio Wellington, os acusados teriam promovido o atentado para vingar a morte de um familiar, identificado como Alex Samuel Bastos, 24 anos, que foi linchado pela população após participar de um assalto a uma mercearia, situada na referida comunidade, ocorrido no dia anterior, 05 de fevereiro de 2017. “As pessoas mortas não tinham nada a ver com o linchamento ocorrido no dia anterior, os disparos foram feitos sem ter um alvo específico e acabou por ceifar a vida de uma jovem grávida, e deixar alguns feridos”, relata.

Durante as investigações, a polícia sergipana descobriu que a dupla executou a ação a mando do pai de Alex e estava morando na cidade de São Vicente (SP). Em posse das informações, os agentes da Delegacia de Propriá, com o apoio dos policiais da DIG Santos, foram até o imóvel e prenderam Edimar e Itamar, que se escondiam na residência de um tio deles.

Segundo os delegados, as investigações continuam no intuito de localizar outros quatro foragidos: Joneil Santos, o ‘Nil’; Clézio Monteiro dos Santos, o ‘Naninho’; Josenildo Vieira Bastos, o ‘Turiba’; e Josean Rocha Bastos. A população pode utilizar o Disque Denúncia 181 ou o aplicativo Disque Denúncia SE para dar quaisquer informações sobre o paradeiro deles.