Câmara discute iluminação na passarela da BR-235

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 29/05/2012 às 10:37:00

O presidente da Câmara Municipal de Aracaju (CMA), Emmanuel Nascimento (PT), se reuniu na tarde ontem com representantes da Associação de Moradores do bairro Veneza, o inspetor da Polícia Rodoviária Federal Alvino Domingues, a gerência do supermercado Atacadão e representante do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT). A reunião teve como finalidade debater a falta de iluminação e segurança que tem ocasionado ações criminosas na passarela do Atacadão, situada na BR 235. 
A intenção dos representantes é fomentar na comunidade a importância de utilizar a passarela. Entretanto, os moradores se recusam a utilizá-la porque a consideram insegura. De acordo com o presidente da Associação de moradores, Vadson Santos, a população entende que seja melhor atravessar a rua pela passarela, porém o medo os impede de fazer a travessia.
A falta de iluminação facilita a ação de bandidos que tentam assaltar ou abusar das pessoas que por ali passam no período da noite. Sabemos que a não utilização tem ocasionado o aumento no número de acidentes com pessoas que atravessam a rodovia sem ser pela passarela. Queremos utilizar este bem, mas, do jeito que está, também não garante segurança, disse Vadson. 
Para Emanoel Nascimento, o problema pode ser resolvido através da integração entre poder público, Atacadão e comunidade. O supermercado já construiu a passarela, então bem que poderia iluminá-la para garantir a travessia segura daqueles que frequentam o Atacadão. Acho válido que a Polícia Rodoviária e o DNIT promovam palestras de conscientização para a população utilizar este equipamento ao invés de através pela rodovia, considerou.