Prefeitura de Riachuelo promove evento de mobilização da rede social contra o Aedes Aegypti

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 26/05/2017 às 00:17:00

Um dia de conscientização e cuidados. Foi assim que a Prefeitura de Riachuelo, em parceria com a Secretaria Municipal de Assistência Social e do Trabalho (SMAST) e com o apoio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) iniciou a última terça-feira, 23, para o ' Grupo de Gestantes' do município.

Com o intuito de proporcionar uma orientação e atenção para as mulheres grávidas de Riachuelo, a equipe do Centro de Referência de Assistência Social (Cras), junto com os profissionais do Núcleo de Apoio a Saúde da Família (Nasf) promoveram uma programação especial para a Semana Nacional de Mobilização da Rede de Assistência Social contra o mosquito Aedes Aegypti.

Durante o evento, as usuárias do programa foram orientadas por profissionais da saúde sobre os principais cuidados que devem existir com ela e o bebê durante o período da gestação, a importância da vacina, as prevenções que deve haver para combater o mosquito e as principais informações sobre a causa e efeitos da Dengue, Chikungunya e Zika.

“Mesmo que a Prefeitura faça a sua parte como setor público é importante que toda a população se una e dê sequência aos trabalhos, porque a grande maioria dos focos estão parados dentro das áreas privadas, das residências e dos terrenos baldios. Cuidando, vamos conseguir combater esse mosquito. Destaco inclusive que estou muito feliz por buscar também trabalhar esse segmento gestante como fonte de transmissão de amor entre mãe e filho. Não é atividades de Pré-natal, pois isto ja vem sendo feito pelas equipes de Saúde, sao ações de caráter socioterapeuticos”, disse a secretária.

Apesar da mobilização realizada pela Assistência Social, Cecília Dias orienta que as gestantes procurarem a rede de saúde em caso de suspeita de dengue, febre chikungunya ou zika, para que possam receber os devidos cuidados.

Ainda no evento, as gestantes receberam orientações psicossociais e informações sobre o cadastro único e o bolsa família. A mamãe de primeira viagem, Thamires Santos, 15 anos, ficou encantada e satisfeita com o primeiro dia de acolhimento do grupo. " É muito bom ter um projeto que traz várias orientações para todas nós. A expectativa para o próximo dia de encontro é grande, porque sei que aqui vou receber todos os cuidados e ensinamentos importantes para mim e o meu bebê", afirma.

 

Grupo de Gestantes - O projeto visa proporcionar cuidados e orientações básicas para as gestantes, por meio de palestras, atividades ofertadas pelo Centro de Referência de Assistência Social (Cras). Durante os encontros quinzenais, as usuárias terão a oportunidade de realizar trabalhos de fortalecimento de vínculos entre a mãe e o bebê, sendo eles: orientações do processo de espera e acolhimento da criança e atividades artesanais para o enxoval do bebê, além de cuidados que serão realizados em parceria com Secretaria de Saúde.