Desafios dos novos dirigentes do PT

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 27/05/2017 às 00:12:00

Aconteceu ontem à tarde, às 18h, no plenário da Assembleia Legislativa, a posse das novas direções do PT em Sergipe. O ex-deputado federal Rogério Carvalho foi reempossado presidente estadual do partido e Jefferson Lima como presidente do Diretório Municipal de Aracaju pelos próximos quatro anos. Os dois integram a maior corrente interna do PT, a CNB (Construindo um Novo Brasil).

O ato de posse do presidente estadual e dos presidentes municipais do PT foi bem prestigiado, pois contou a presença do presidente nacional da legenda, Rui Falcão, e do líder do partido na Câmara Federal, o deputado Carlos Zarattini (SP).

Em junho, a militância do PT vai eleger o novo presidente nacional do partido. Estão na disputa a senadora Gleisi Hoffmann (PR), que tem o apoio do ex-presidente Lula e representa a continuidade do grupo que comanda a legenda, e o senador Lindbergh Farias (RJ), que representa tendências mais à esquerda. 

Rogério Carvalho, Jeferson Lima, os presidentes dos diretórios dos municípios do interior, e, muito provavelmente a futura presidente nacional Gleisi Hoffmann, vão assumir o comando do PT no momento que pode ser considerado o mais delicado de sua história. Isso pelas denúncias de corrupção, que resultou em prisões de petistas influentes, a exemplo de José Dirceu; do impeachment de Dilma Rousseff; e de derrotas nas urnas nas eleições de 2016. 

Em 2012, o PT, fundado em 1980, elegeu 630 prefeitos no país. Em 2016 conseguiu eleger apenas 256, registrando uma queda em números de prefeitos de 59,40%. É o pior desempenho do partido em eleições municipais em 20 anos.

Em Sergipe, esse baque também foi registrado. Em 2012, o PT elegeu sete prefeitos no estado: os de Carmópolis, Indiaroba, Malhada dos Bois, Nossa Senhora da Glória, Poço Redondo, São Domingos e Tobias Barreto. Ainda tinha o governador Marcelo Déda. Nas eleições de 2016, o número de prefeitos eleitos caiu para três: Macambira, Glória e São Domingos.

Esses novos comandantes do PT, que tem agora um governo federal de oposição e vive um processo de desconstrução e criminalização, vão ter que trabalhar, e muito, pela reconstrução do partido.

A reconstrução do PT enquanto agregador das forças de esquerda deve, ao mesmo tempo, levar em conta seus próprios erros e o afastamento das bases ao longo do período em que esteve no comando do país.

.........................................................................................................................................

 

Discurso de unidade

Ontem, em Sergipe, o presidente nacional do PT, Ruy Falcão, disse que a sua vinda para a posse dos companheiros na direção do partido no estado e municípios representa não só prestigiar os companheiros, mas um esforço de unidade da legenda.

 

Diretas Já

Ele defendeu eleições diretas.  Disse que é preciso um governo com legitimidade popular para sair da crise política, reduzir o número de 14 milhões de desempregados e conter a corrupção no país. “É preciso unificar o país”, avalia.

 

Saindo pela tangente

Sobre o fato de petistas estarem envolvidos em corrupção, Ruy Falcão afirmou: “Nós, do PT, criamos os instrumentos de combate à corrupção. Proporcionamos o aparelhamento da Polícia Federal, do Ministério Público e criamos a lei do acesso à informação”.  

 

Crescimento da popularidade

Ressaltou Falcão que o PT vem crescendo depois do “golpe” que tirou Dilma Rousseff da presidência da República e com as propostas de reformas Trabalhista e Previdenciária do presidente Temer. “O PT estava com 12% de popularidade no processo de impeachment. Hoje chegamos a 20%, sendo o partido de maior popularidade e com Lula liderando as pesquisas, embora não seja candidato ainda”.

 

Mais um nome

Um novo nome está aparecendo para a presidência da República em um processo de eleição indireta, no caso de um provável afastamento do presidente Michel Temer. É o do jurista Modesto Carvalhosa.

 

Mais um nome 2

O lançamento de Carvalhosa parte dos também respeitados juristas: Hélio Bicudo, José Carlos Dias e o ministro aposentado do Superior Tribunal Militar, Flávio Bierrenbach.

 

Sondagem petista

Com o título acima deu ontem na coluna de Ilimar Franco, do O Globo: “Na busca de um nome para a sucessão de Michel Temer, o ministro aposentado do STF Ayres Britto começa a ser citado à esquerda e à direita para ocupar a presidência ou a vice, no caso de eleição indireta. Com perfil discreto, conciliador e de defesa da ética, ele já foi filiado ao PT antes de ingressar no Supremo. Britto foi sondado pela ala petista que tem conversado sobre a escolha de um candidato para disputar a eleição indireta – apesar do discurso oficial de defesa das diretas já”.

 

Nomes já citados

No Congresso Nacional o nome em discussão para presidente da República continua sendo o do senador Tasso Jeiressati (CE), vice-presidente nacional do PSDB, e do ex-ministro do STF e ex-ministro da Defesa, Nelson Jobim.

 

Ponto de vista

Do deputado federal Valadares Filho (PSB) ao ser questionado pela coluna se é simpático a um dos nomes que estão sendo ventilados para suceder Michel Temer: “É cedo para falar de nomes, precisamos encontrar uma solução pacífica. Vamos escolher um nome para unir o país, que se possa fazer um governo de transição democrática e que vá assegurar uma eleição direta em 2018”.

 

Fórum de Investimentos

Nos dias 30 e 31 de maio o vice-governador Belivaldo Chagas (PMDB) participará do Fórum de Investimentos Brasil 2017, em São Paulo. O fórum - que vai reunir empresários de todo o Brasil e do exterior, além de ministros e secretários de Estado – visa fomentar novos negócios e oportunidades de investimentos. Belivaldo marcará presença no evento ao lado do secretário José Augusto Carvalho (Sedetec).

 

Posse de radialistas

 O governador Jackson Barreto prestigiou ontem à noite a posse da nova direção do Sindicato dos Radialistas nos próximos 4 anos, na Associação  dos Oficiais Militares de Sergipe. O novo presidente é o radialista Antônio Fernando Ferreira. O ex-presidente por oito anos, Fernando Cabral, é agora o tesoureiro.

 

Veja essa...

Do único vereador de oposição em Nossa Senhora do Socorro, Vagnerrogeris Lima (PSC), em discurso na Câmara Municipal, contra os colegas do parlamento: “Peço aos vereadores aqui que parem de me mandar mensagens fazendo críticas ao prefeito [Padre Inaldo-PCdoB), que tomem postura de vereador, que parem de ser covardes fazendo críticas aos colegas, que assumam postura de homem, cidadão e parlamentar”.

 

... e essa...

 Disse ainda Vagnerrogeris: “Eu faço oposição dura e ferrenha. Não mando ninguém fazer isso, não mando ninguém para o Tribunal de Contas nem Ministério Público, eu mesmo vou. Muitos vereadores aqui são que nem lagartixas, só fazem balançar a cabeça. Tem vereador aqui que se colocar uma carta de renúncia do mandato ele assina sem saber, pois não ler, não está preocupado.   sua preocupação é está queimando os colegas, ir para o gabinete do prefeito falar mal de Vagnerrogeris, de Maria da Taiçoca. Então, quem me mandar zap falando do prefeito vou colocar nas redes sociais e não me acusem de desleal”.  

 

 

CURTAS

 

 

O ex-presidente Lula estará em Brasília na próxima segunda-feira para o debate “Estado de Direito ou Estado de Exceção?”. O debate é organizado pela bancada do PT no Congresso, em razão do presidente Temer ter convocado as Forças Armadas para atuar em resposta à manifestação da última quarta-feira.

 

Do senador Benedito de Lira (PP-AL) sobre os ânimos acirrados entre senadores, que quase chegaram às vias de fato por conta da discussão da reforma Trabalhista nesse momento de crise política:  “Aqui não é uma rinha, nem uma arena”.

 

Na próxima segunda-feira, será realizada uma audiência pública para discutir o Projeto de Lei e Diretrizes Orçamentárias na sede da administração municipal.

 

A audiência, promovida pela prefeitura, visa discutir com a população aracajuana o instrumento de planejamento que traça as diretrizes, prioridades e metas da administração, que vai orientar a proposta orçamentária para o ano de 2018.