Plano de desenvolvimento

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 08/06/2017 às 08:26:00

A vocação de cada lugar de Sergipe, considerada para fins de alavancar a modernização do estado. Este, o esforço do governo e o objetivo declarado do Plano de Desenvolvimento Regional, apresentado em solenidade na manhã de ontem. Segundo o governador Jackson Barreto, trata-se simplesmente de pensar Sergipe.

O Plano está alinhado à Política Nacional de Desenvolvimento Regional e tem como foco a identificação das diretrizes estratégicas capazes de promover o desenvolvimento, a médio e longo prazo, em especial, dos espaços menos desenvolvidos. Com metas e estratégias definidas, resta realizar os investimentos capazes de animar a economia local, nos mais diversos segmentos.

Agricultura, produção de energia, exploração mineral. A cartela de possibilidades é das mais amplas, e contempla os quatro cantos de Sergipe, como explicou o governador: “É preciso que a gente não deixe os municípios isolados um do outro. Nós estamos fazendo um trabalho de pensar o Estado, de agir e trabalhar para modernizá-lo. Exemplo disso é que, nesta mesma semana, o governo do Estado se reuniu com a Petrobras para debater investimentos. Além disso, hoje mesmo visitamos a Termoelétrica, que será um elemento altamente indutor do desenvolvimento do estado. Também discutiremos a agricultura, com a incorporação da soja no nosso estado, estamos fortalecendo essa nova fronteira agrícola que se apresenta. São ações que fazem parte de um desenvolvimento integrado, com bases nos territórios sergipanos, de acordo com suas potencialidades”.

Que assim seja. Com a crise econômica ainda em curso, firme e forte, é preciso mesmo procurar alternativas capazes de gerar emprego e renda, respondendo às urgências destes tempos tão tumultuados.