Para Emmanuel, há muito o que mostrar

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
O presidente da Câmara, Emmanuel Nascimento
O presidente da Câmara, Emmanuel Nascimento

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 29/08/2012 às 02:46:00

Chico Freire
chicofreire@jornaldodiase.com.br

A relação de ações na capital do grupo que está à frente da Prefeitura de Aracaju foi ressaltada na tarde de ontem pelo presidente da Câmara Municipal de Aracaju, Emmanuel Nascimento (PT).
Para Emmanuel, é preciso se aproximar do povo e ir para  o embate eleitoral, sem qualquer tipo de agressão, apenas mostrar as realizações que foram feitas ao longo dos últimos anos, "até porque temos o que mostrar ao povo de Aracaju".

 "É preciso mostrar ao povo o que fez, mostrar todo dia e toda hora de forma incansável. Mostrar o bairro América como era, mostrar o Novo Paraiso, o Bugio, mostrar como era o José Conrado de Araújo, o que era a Cidade Nova, a Palestina, o 18 do Forte, o Getúlio Vargas, o Cirurgia, o Santa Tereza, o Sol Nascente, o JK, o Santa Maria, onde tudo que tem fomos nós que fizemos, como escolas e creches", listou.
Nas palavras do presidente da Câmara, "não é possível que o povo vá deixar de reconhecer o trabalho de Déda à frente da Prefeitura, o trabalho de Edvaldo Nogueira, o trabalho de Gama, de Jackson Barreto, que lutaram por Aracaju".

Vontade - De acordo com Emmanuel, Marcelo Déda tem sido um grande governador. "O que falta ao governo são recursos para fazer tudo que tem vontade", diz, lembrando que ogovernador recebeu o Estado com vários problemas e mesmo estando no seu segundo governo ainda não conseguiu resolver tudo o  que gostaria de resolver.

Avalia Emmanuel que as obras que foram realizadas nas administrações de Marcelo Déda, João Augusto Gama, Jackson Barreto e Edvaldo Nogueira, mudaram a realidade da cidade. "João Alves (candidato a prefeito do DEM)  trabalhou por Aracaju, trabalhou, mas foi lá atrás", diz Emmanuel, lembrando que Jackson Barreto governou por duas vezes a capital, asfaltou, pavimentou e drenou bairros inteiros. Marcelo Déda, que também governou por duas vezes, realizou várias obras importantes, a exemplo da retirada das palafitas da Coroa do Meio, implantação do Samu, construção de Upas, criação de avenidas, da Orlinha do Bairro Industrial, construção de postos de saúde, casas populares e praças.

Conforme o vereador, o prefeito Edvaldo, que está no seu segundo mandato, tem obras em toda a cidade, como a Orla Por do Sol, calçadão da Beira Mar,  creches, viaduto do DIA,  cerca de 6 mil casas, reforma de escalas, e praças.