Economistas e empresários participam de Encontro de Economia Aplicada

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 09/07/2017 às 00:52:00

O II Encontro de Economia Aplicada de Sergipe (II EEA/SE), que reúne economistas, estudantes e empresários do ramo econômico, será realizado entre os dias 10 a 12 de julho, no campus da Universidade Federal de Sergipe (UFS) em São Cristóvão. O evento é organizado pelo Instituto Euvaldo Lodi (IEL), em parceria com o Departamento de Economia da UFS, e patrocinado pelo Banco do Nordeste.

Palestras, minicursos e mesas redondas vão debater aspectos da economia aplicada, com foco em Sergipe. Entre os objetivos, estão a elaboração e discussão de estudos aplicados a problemas como desenvolvimento econômico, desigualdade regional, educação, inovação e meio ambiente.

O superintendente estadual do BNB, Saumíneo Nascimento, participará da mesa redonda "Economia Sergipana", no dia 11. Toda a programação será realizada em auditórios da UFS, com exceção da palestra de encerramento, que  ocorrerá no auditório da Federação das Indústrias do Estado de Sergipe (FIES), em Aracaju.

O gerente executivo de políticas públicas da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Flávio Castelo Branco, fechará o evento com a palestra “Crises econômica e política: perspectivas para a indústria brasileira”. Outras informações pela página: nie.fies.org.br/inscricao.

De acordo com o superintendente do IEL, Rodrigo Rocha, o encontro traz esclarecimentos sobre a economia sergipana. “Procuramos entender as dificuldades econômicas e encontrar formas de minimizá-las, a fim de apoiar os empresários, para que voltem a investir na economia local”, afirma.