Operação contra o tráfico termina com sete prisões

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 20/07/2017 às 00:59:00

Uma operação realizada pelo Departamento de Narcóticos da Polícia Civil (Denarc), com o apoio do Complexo de Operações Policiais Especiais (Cope), da Delegacia Regional de Lagarto e da Delegacia de Tobias Barreto, resultou em sete prisões ocorridas nas primeiras horas desta terça-feira, nas cidades de Aracaju, Lagarto e Tobias Barreto. O objetivo da polícia foi desarticular uma associação criminosa envolvida com tráfico de drogas em todo o Estado. Os detalhes da investigação foram divulgados ontem.

De acordo com o delegado André Baronto, do Denarc, as investigações iniciadas há seis meses detectaram as ações do grupo relativamente organizado, no qual havia responsáveis pelos contatos para aquisição da droga fora de Sergipe, logística para transporte, armazenamento e distribuição em Aracaju.

Os acusados Josafá Pereira Gomes, Ítalo de Jesus da Silva, Tiago dos Santos e José Alexsandro da Silva de Jesus foram os alvos da investigação que culminou no cumprimento dos mandados de prisão. Já os acusados João Carlisson Dantas Santos, Joseval de Jesus Santos e Cláudio Ramos dos Santos Souza foram presos em flagrante por associação ao tráfico, ao serem flagrados no cumprimento dos mandados em Aracaju e Lagarto.

“Dessa lista, foram presos no bairro Santa Maria localizado na capital sergipana, Josafá Gomes, líder do grupo e detentor de outro mandado de prisão em aberto por roubo de veículo; Tiago dos Santos, responsável por armazenar a droga e preso na última quinta-feira com 50 quilos de droga, mas liberado em audiência de custódia pelo Judiciário; e João Carlisson que apareceu no momento da prisão dos acusados e foi apreendido com ele material indicativo de participação na associação criminosa”, detalha Baronto.

Com Tiago foram encontradas mais drogas, o que resultou em um novo flagrante cinco dias após sua prisão. Em Tobias Barreto, foi preso Italo Silva, apenas pelo cumprimento de mandado de prisão. Já em Lagarto, além do mandado executado em desfavor de José Alexsandro, também flagranteado com uma arma de fogo e mais uma quantidade de drogas, Joseval e Cláudio foram presos por associação ao tráfico.

Durante as buscas, foram apreendidas cápsulas para acondicionamento de cocaína, tablete de maconha, planta da erva, material para embalagem dos entorpecentes, bem como dinheiro e um revólver 38 com 26 munições do mesmo calibre. “Outros crimes, a exemplo de homicídios, serão encaminhados às unidades especializadas, e as investigações no Denarc continuam no intuito de detectar outros envolvidos”, conclui o delegado.