Vai ter eco?

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 16/09/2017 às 06:39:00

Ontem, em Penedo- Alagoas, que fica às margens do Rio São Francisco, os governadores Renan Filho (PMDB-AL) e Jackson Barreto (PMDB-SE) cobraram ações mais efetivas do Governo Federal na defesa do Velho Chico, que agoniza desde o início das obras de transposição de suas águas. O ato foi marcado pelas comemorações dos 200 anos de emancipação política de Alagoas.

Como a coluna já noticiou ontem, o ato político não foi oposição ao governo Michel Temer.  Segundo Jackson, foi um chamamento à responsabilidade da Chesf, uma vez que a vazão do rio São Francisco era de 1.300 m³ e baixou para 580m³, havendo a perspectiva dessa vazão chegar para 550 m³ pela construção de três usinas hidrelétricas.

A preocupação do governador é que já existe uma dificuldade de captação de água para abastecer Aracaju e grande Aracaju. É que se chegar o mês de novembro e não chover na cabeceira do São Francisco e do oeste baiano, haverá dificuldade para captação de água na capital que é 70% abastecida do Rio São Francisco.

Infelizmente, esse eco dos dois governadores peemedebistas do Nordeste não deverá ser ouvido na Chesf e, muito menos, no Palácio do Planalto. Isso porque esse grande problema social só será resolvido com uma política efetiva de ação e boa vontade e esses governadores estão na lista negra do governo Temer por não apoiar integralmente o seu governo.

Sem falar que o presidente Temer, a partir de agora, só estará preocupado em se salvar de mais uma denúncia do procurador-geral da República até esse domingo, Rodrigo Janot, de obstrução da Justiça e organização criminosa. Denúncia essa que envolve companheiros do PMDB e ministros.

Temer terá que se articular e negociar novamente com deputados e senadores para se safar da cassação do mandato, a exemplo do que fez com relação a primeira denúncia feita por Janot por crime de corrupção passiva.

Trocando em miúdos, não é improvável que Aracaju venha a sofrer um racionamento de água no verão se não chover e a Chesf não aumentar a vazão do Velho Chico, o que provocará um grande transtorno para a população.

..................................................................................................................

Não foram

Os governadores Rui Costa (PT-BA) e Paulo Câmara (PSB-PE) não compareceram ontem a Penedo-AL para o ato político em defesa do Rio São Francisco. Mas manifestaram apoio a luta, pelo fato dos seus estados também serem afetados pela transposição e redução da vazão do rio.

 

Estudo da vazão

No encontro, o governador Jackson Barreto apresentou um estudo dos impactos econômicos e sociais da redução da vazão do São Francisco, alertando para o risco de um colapso no sistema de abastecimento da região metropolitana de Aracaju e de outros municípios do estado. Detalhou as ações que o Governo de Sergipe vem adotando para atenuar as consequências das sucessivas reduções da vazão do Velho Chico.

 

Com o prefeito

Também ontem, em Penedo, o governador se reuniu na Prefeitura Municipal com o prefeito Marcius Beltrão. E, a seu convite, participou da inauguração de uma placa alusiva ao dia de luta pela revitalização do Rio São Francisco.

 

Reconhecimento público

De JB sobre a sua disposição aos 73 anos: “Muitas pessoas me perguntam como eu, aos 73 anos, consigo enfrentar tantas dificuldades, lutar para superar os problemas financeiros do nosso Estado e mesmo assim ter disposição para correr atrás de obras e ações para cuida do meu povo, das pessoas e de Sergipe. Quero contar e mostrar para vocês o meu segredo. O contato com o povo é que me dá toda essa energia. O carinho é a minha maior fonte de energia. É quando renovo o meu espírito e ganho ainda mais forças para seguir em frente”.

 

Canal Xingó

Na manhã de ontem o senador Antônio Carlos Valadares (PSB) participou, na Câmara dos Deputados, do Seminário Desafios e Perspectivas para a Construção do Canal de Xingó, realizado pela Comissão de Integração Nacional (Cindra). O evento, de iniciativa do presidente da Cindra, deputado Valadares Filho e do deputado João Daniel, teve o propósito de acompanhar o andamento da elaboração do projeto executivo, mapear os entraves e buscar soluções para agilizar o início das obras do canal de Xingó.

 

Esperando a reforma

O presidente de honra do PRB, ex-deputado federal Heleno Silva, afirma que o seu partido aguarda o desenrolar da reforma política para entrar em campo. “Se votar a reforma a estratégia é uma e se não votar é outra”, disse, enfatizando que é contra o “distritão” por achar que os partidos perdem força, prevalece o jogo de quem já tem mandato eleitoral.

 

Presidenciáveis em Sergipe 1

No encontro ontem do senador Eduardo Amorim (PSDB) com o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), ficou acordado que o governador tucano virá a Sergipe em novembro para um evento em Itabaiana. O convite tinha sido formulado, no início da semana, pelo presidente da Federação dos Municípios do Estado de Sergipe (FAMES), Marcos do Acauã, e o prefeito de Itabaiana, Valmir de Francisquinho (PR).

 

Presidenciáveis em Sergipe 2

Neste segundo semestre, Geraldo Alckmin será o terceiro presidenciável a vir ao Estado. O primeiro foi o ex-presidente Lula, que esteve no estado em agosto, e o segundo será o prefeito de São Paulo, João Dória (PSDB), que terá agenda em outubro. Quem deve aparecer por aqui é o também presidenciável Jair Bolsanaro, caso a Assembleia Legislativa aprove título de cidadão sergipano de iniciativa do deputado estadual Capitão Samuel (PSL).

 

Em Sergipe

Na próxima segunda-feira mais um ministro estará em Sergipe. É o de Desenvolvimento Social, Osmar Terra, que irá a Tobias Barreto fazer um  balanço da implantação do programa Criança Feliz em Sergipe e anunciar investimento de R$ 15 milhões para construção de cisternas e aguadas.

 

Moda na política 1

Partidos políticos continuam querendo acabar com o “P” de partido. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou por unanimidade, nesta semana, a mudança do nome do Partido Trabalhista do Brasil (PTdoB) para “Avante”. Este é o segundo pedido de mudança de nome partidário acolhido pelo Tribunal este ano. Em Sergipe é filiado ao PTdoB o deputado estadual Paulinho da Varzinhas.

 

Moda na política 2

A Corte Eleitoral já havia aprovado, em 16 de maio, a troca do nome do Partido Trabalhista Nacional (PTN) para “Podemos” (PODE). Tramita ainda no TSE outro pedido de mudança de nome de partido. O Partido Social Democrata Cristão (PSDC) entrou, dia 9 de agosto, com requerimento na Corte para alterar a designação da legenda para Democracia Cristã.

 

Moda na política 3

Outros partidos também querem tirar o “P”. O Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) quer virar MDB (Movimento Democrático Brasileiro). O Partido Ecológico Nacional (PEN) pretende passar a se chamar Patriota. E o DEM (Democratas), que já tirou o “P” de PFL, quer se chamar “Mude”.

 

Ponto de vista

Do deputado federal Fábio Mitidieri (PSD) sobre as legendas políticas estarem tirando o ´P´: “Partido tira o P do nome e acha que todo mundo vai acreditar que mudou. Parece filme que o cara tira os óculos, vira superman e ninguém nota”.

 

Veja essa...

Do senador Valadares (PSB) alfinetando ontem, pelas redes sociais, o ex-amigo e ex-aliado, o vice-governador Belivaldo Chagas (PMDB), que é o pré-candidato de Jackson Barreto ao governo: “Candidato sem voto, sem programa com apoio de um governo de alta rejeição deveria apontar saídas para Sergipe, ao invés de atacar a quem lhe serviu”.

 

 

 

CURTAS

 

O senador Eduardo Amorim (PSDB) defende que a oposição defina o seu candidato ao governo no início do ano que vem. Enfatiza que a oposição tem vários nomes e irá escolher na hora certa

 

O prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB) reassumiu ontem o comando do município de Aracaju, após 12 dias em evento nos Estados Unidos.

 

Ontem foi comemorado o Dia Internacional da Democracia. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou uma campanha para conscientizar as pessoas sobre o 15 de setembro.

 

Nos próximos dias o Governo do Estado estará encaminhando para a Assembleia Legislativa o Finisa, um projeto de lei propondo financiamento de cerca de R$ 380 milhões junto a CEF para recuperar a malha viária de Sergipe.

 

O deputado estadual Georgeo Passos (PTC) já coletou mais de mil assinaturas virtual  a favor da PEC, de sua autoria em tramitação na Alese, que propõe o fim da aposentadoria vitalícia para ex-governadores.

 

 

 

Foto legenda 

 

 

 

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, em seu último dia útil à frente da PGR, ganhou um arco e flecha da etnia Xokó, de Sergipe, durante evento com servidores e procuradores do órgão. O presente tem a ver com a declaração de Janot em uma palestra em São Paulo: “Enquanto houver bambu, La vai flecha”.

A declaração chegou a ser criticada pelo presidente Michel Temer, que na última quinta-feira foi denunciado, pela segunda vez, por Janot sob acusação de obstrução da Justiça e chefiar organização criminosa.