Confiança perde em casa e se complica

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
EM UM MOMENTO DE APAGÃO, O CONFIANÇA LEVOU DOIS GOLS E NÃO TEVE FORÇAS PARA REAGIR, APESAR DAS OPORTUNIDADES DESPERDIÇADAS. FOTO: GBATISTA
EM UM MOMENTO DE APAGÃO, O CONFIANÇA LEVOU DOIS GOLS E NÃO TEVE FORÇAS PARA REAGIR, APESAR DAS OPORTUNIDADES DESPERDIÇADAS. FOTO: GBATISTA

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 19/09/2017 às 06:33:00

O Confiança jogava em casa com o apoio da torcida. Colocou mais de 15 mil torcedores na arena Batistão. Esses torcedores animados e motivados, esperavam uma vitória do time proletário, resultado que dava ao campeão sergipano, uma certa tranquilidade para o jogo de volta, domingo 24, em Sorocaba.

Mas nada disso aconteceu. O Confiança perdeu por 2x0 e agora vai tentar uma missão quase impossível: vencer o São Bento em Sorocaba por diferença superior a dois gols, para conseguir a classificação. Os gols do São Bento-SP foram marcados no primeiro tempo, um atrás do outro, em cima de falhas individuais da defesa proletária. Anderson Cavalo aos 16 min fez 1x0 e três minutos depois, Everaldo ampliou para o time paulista.

A derrota deixou o time sergipano em situação muito delicada e vê o acesso mais distante. O zagueiro Anderson expressou seu descontentamento com a derrota. "Demos dois gols, isso não pode acontecer. Sabemos que fizemos um jogo muito abaixo do que os que vínhamos apresentando, mas futebol é assim, acontece. Perdemos aqui mas podemos inverter esse quadro no jogo de volta. Ficou mais difícil, reconhecemos, mas nada que não possa acontecer", destacou o defensor do Dragão, um dos melhores zagueiros da competição.

Um resultado totalmente fora dos planos do Confiança. Na teoria, a ideia era vencer em casa e, de preferência, sem tomar gols. Na prática, o time perdeu na Arena Batistão e não conseguiu balançar a rede dos visitantes.

“No futebol nada é impossível. Sabemos que fizemos um jogo muito abaixo do que os que vínhamos apresentando, mas futebol é assim, acontece. Porém a gente tem total capacidade de buscar o resultado fora de casa", afirmou o zagueiro Anderson.