Ailton Silva ainda não “jogou a toalha”

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
AILTON SILVA PROCURA CONSCIENTIZAR O ELENCO, DE QUE NÃO É FÁCIL A MISSÃO DOS PROLETÁRIOS, MAS É POSSÍVEL DE ACONTECER. FOTO: GBATISTA
AILTON SILVA PROCURA CONSCIENTIZAR O ELENCO, DE QUE NÃO É FÁCIL A MISSÃO DOS PROLETÁRIOS, MAS É POSSÍVEL DE ACONTECER. FOTO: GBATISTA

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 20/09/2017 às 06:35:00

Givaldo Batista - givaldobs@yahoo.com.br

 

Fazer uma boa partida em Sorocaba, reverter o quadro atual altamente desfavorável e conquistar a vaga para a Série B. É com esse objetivo que o treinador Ailton Silva vai trabalhar toda a semana, mostrando ao seu elenco que quando se quer se conquista os objetivos e que o Confiança é forte, é grande e tem condições de vencer em Araraquara.

Ailton sabe que a missão não é nada fácil. É difícil, mas não impossível. “Mas, para quem passou quase toda a primeira fase na zona do rebaixamento e, na última rodada, ainda conseguiu uma classificação épica, tudo é possível. E vamos correr atrás do que é possível”, diz o treinador.

O importante é o Confiança vencer com vantagem. Dois a zero para o time proletário, leva a decisão da vaga para os pênaltis. Qualquer resultado acima desse placar, com a diferença de dois gols, no mínimo (3 a 1 ou 4 a 2, por exemplo), a equipe sergipana avança para a semifinal da Série C e já garante o acesso.

O técnico do Dragão disse que conversou com atletas e comissão técnica, para que acreditem até o fim na classificação, assim como os proletários que ficaram nas arquibancadas do Batistão no último domingo, cantando inclusive: "Eu acredito".

- Já conversei com eles e estão fechados com a gente, da comissão técnica, que é possível, é só a gente trabalhar, sabendo da dificuldade que vai ser jogar lá, mas é acreditar. Se você não acreditar, você não consegue. É nós temos que correr por essa torcida que compareceu, lotou o Batistão, nos abraçou e até o último minuto gritou "eu acredito" e empurrou o time. Eles merecem nota dez e nós teremos que correr por eles no próximo domingo, para trazermos alguma coisa diferente, afirmou o técnico Ailton Silva.