Ailton define equipe no treino coletivo

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
O CONFIANÇA DEPENDE MUITO DO GOLEIRO GENIVALDO PARA NÃO RECEBER GOLS. FOTO: GBATISTA
O CONFIANÇA DEPENDE MUITO DO GOLEIRO GENIVALDO PARA NÃO RECEBER GOLS. FOTO: GBATISTA

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 22/09/2017 às 06:51:00

O time do Confiança treinou na tarde desta quinta-feira, na Arena Batistão, quando o treinador Ailton Silva procurou organizar jogados e definir um esquema de jogo. Mas nesta sexta-feira pela manhã,o treinador comanda um treino recreativo também na Arena Batistão, quando Ailton Silva estará definindo e conformando a delegação proletária.

A equipe para enfrentar o São Bento somente será definida e confirmada momentos antes da partida. Depois do treino desta sexta-feira os atletas serão librados para organizar as malas. Depois almoçam e seguem para o Aeroporto. O embarque está previsto para as 17h00. A chegada em Sorocaba acontece por volta das 23h00.

Sábado o treinador Ailton Silva leva os atletas para um treino recreativo no CT Fazenda Ipê, ou no CIC. Depois do treino os jogadores voltam ao regime de concentração no Sorocaba Business.  Ailton Silva acredita que o time fará uma boa partida para reverter o quadro atual altamente desfavorável e conquistar a vaga para a Série B. “É uma missão difícil, mas nada impossível.Para quem passou quase toda a primeira fase na zona do rebaixamento e, na última rodada, ainda conseguiu uma classificação épica, tudo é possível. E vamos correr atrás do que é possível, disse o treinador.

O técnico do Dragão conversou com atletas e comissão técnica, para que acreditem até o fim na classificação, assim como os proletários que ficaram nas arquibancadas do Batistão no último domingo, cantando inclusive "Eu acredito".

- Já conversei com eles e estão fechados com a gente, da comissão técnica, que é possível, é só a gente trabalhar, sabendo da dificuldade que vai ser jogar lá, mas é acreditar. Se você não acreditar, você não consegue. É nós temos que correr por essa torcida que compareceu, lotou o Batistão, nos abraçou e até o último minuto gritou "eu acredito" e empurrou o time. Eles merecem nota dez e nós teremos que correr por eles no próximo domingo, para trazermos alguma coisa diferente", afirmou o técnico Silva.