Sonho não acabou e a luta continua

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
NAS ARQUIBANCADAS A TORCIDA FEZ A FESTA MAS TEVE MAIS UMA VEZ O SONHO DO ACESSO ADIADO PARA 2018
NAS ARQUIBANCADAS A TORCIDA FEZ A FESTA MAS TEVE MAIS UMA VEZ O SONHO DO ACESSO ADIADO PARA 2018

JOGADORES RECONHECEM O APOIO DA TORCIDA E AGRADECEM AO FINAL DO JOGO. FOTO: GBATISTA
JOGADORES RECONHECEM O APOIO DA TORCIDA E AGRADECEM AO FINAL DO JOGO. FOTO: GBATISTA

PRESIDENTE A FSF, MILTON DANTAS E O SECRETÁRIO ANTÔNIO HORA E MUITO TORCEDORES FORAM PRESTIGIAR O TIME PROLETÁRIO EM SOROCABA
PRESIDENTE A FSF, MILTON DANTAS E O SECRETÁRIO ANTÔNIO HORA E MUITO TORCEDORES FORAM PRESTIGIAR O TIME PROLETÁRIO EM SOROCABA

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 26/09/2017 às 06:16:00

Givaldo Batista

 

O grande número de torcedores do Confiança -foram mais de 800 abnegados- que percorreu os 2,3 mil quilômetros para incentivar as equipes contra o São Bento em Sorocaba, deixou o estádio Walter Ribeiro, cansada com a desgastante viagem e frustrada com o empate em 0x0, que eliminou o time proletário do Brasileiro da Série e pôs fim mais uma vez, ao sonho de conquistar o acesso à Série B.

É a terceira vez que o representante sergipano chega perto da sonhada conquista. Sente o “cheirinho” de Série B, mas é eliminado. Foi assim em 2008, quando perdeu o acesso por apenas um ponto. Em 2015 foi eliminado pelo Londrina e agora pelo São Bento. “Mais uma vez chegamos perto. Esse acesso nos persegue e estamos deixando escapar por pequenos detalhes. O sonho continua. Vamos avaliar a campanha, ver onde pecamos para corrigimos esses erros e em 2018 voltarmos à luta pelo acesso. O sonho não acabou”, disse ainda emocionado o presidente do Conselho Deliberativo do clube, Glennysson Cruz.

 

A eliminação – O Confiança tinha tudo para vencer a partida, tirar a diferença de dois e deixar Sorocaba classificado. Encarou o São Bento nos seus domínios. Resistiu bem no primeiro tempo e na segunda fase com um homem a mais partiu para fazer os gols, mas encontrou pela frente uma equipe muito bem armada defensivamente, que sabe explorar os erros dos adversários e soube garantir o 0x0, resultado suficiente para fazer a festa depois do jogo.

Com o resultado campeão do estado se mantém na Série C Brasileira e mesmo sem alcançar a classificação, deixou o campo aplaudido pelo grupo de torcedores que esteve em Sorocaba, no interior Paulista, na noite de domingo como testemunhas do histórico confronto.

Precisando de uma vitória igual ou superior a dois gols, os comandados do treinador Ailton Silva não conseguiram o feito esperado, para conquistar uma vaga na semifinal da competição e automaticamente, o acesso à Série B do Futebol Brasileiro em 2018.

No primeiro tempo, o Confiança, mas o gol foi anulado pelo árbitro Dewson Fernandes. O gol poderia ter modificado a história do jogo. Aos 22, após cruzamento na área em cobrança de falta, Tito subiu mais que toda a zaga do São Bento e marcou. O assistente assinalou impedimento. O São Bento se recompôs e com apoio da torcida passou a pressionar o gol de Genivaldo. Que apareceu com boas intervenções.

No segundo tempo o Confiança foi mais agressivo encurralou o adversário em seu campo, principalmente quando a partir dos 25 minutos esteve com um homem a mais com a expulsão do excelente zagueiro Joao Paulo.Aí o Confiança foi só pressão e o gol esteve perto de sair. Apesar da vantagem numérica, o Dragão errava nas finalizações e o gol não saiu.

 

FICHA TÉCNICA

SÃO BENTO – SP 0 X 0 CONFIANÇA

Local: Estádio Walter Ribeiro em Sorocaba – Árbitro Dewson Freitas. Assistentes: Hélcio Araújo e Rivaldo Coimbra.  Público: 9.937. Renda: R$ 214.720,00. SÃO BENTO: Rodrigo Viana; Muriel, Rogério, João Paulo e Marcelo Cordeiro; Fábio Bahia, Éder Everaldo e Maicon Souza (Felipe Manoel); Anderson Cavalo e Caio Cezar (Banquinho, depois Matheus Silva). Técnico: Paulo Roberto Santos.CONFIANÇA: Genivaldo; Felipe Cordeiro, Mimica, Anderson e Madona (Jussimar); Flávio (Thiago Silvy), Rafael Vila, Everton Santos (André Beleza) e Tito; Frontini e Álvaro. Tecnico.: Ailton Silva.