A polêmica entre Frontini e o técnico Paulo Roberto

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 26/09/2017 às 06:22:00

O São Bento conquistou o acesso à Série B do Brasileiro após segurar um empate sem gols em jogo duro com o Confiança- depois de vencer por 2 a 0 em Sergipe - e o estilo de jogo adotado pelo time sorocabano irritou o atacante Frontini. No intervalo do jogo, ele soltou os cachorros e criticou o estilo do técnico são-bentista Paulo Roberto Santos, que não deixou barato e replicou ao final da partida, enquanto comemorava o acesso.

Em entrevista ao Esporte Interativo na saída para o intervalo, Frontini disse que o São Bento tem um time ruim e que pratica o anti-jogo, conduta proporcionada pelo comando do treinador. Ele se mostrou bastante indignado com a quantidade de faltas do jogo. O Dragão recebeu oito cartões amarelos, enquanto o Bentão recebeu três e um vermelho.

 “A gente já sabia. Os times do Paulo Roberto são sempre assim. É time ruim, mas que consegue os resultados suados, como foi lá. Então é na briga, você vê que a bola fica mais parada do que em jogo. Ele costuma parar, o Paulo Roberto gosta muito desse anti-jogo e o juiz está caindo nisso daí’, disse o jogador de 36 anos.

Ao fim do jogo, Paulo Roberto foi informado da declaração de Frontini e revelou que o atacante já foi oferecido ao São Bento. No entanto, o treinador vetou a contratação por considerá-lo um ‘ex-jogador em atividade’.

“Eu não sei se é verdadeiro ou não, mas se for, já fica a resposta, porque eu não posso deixar de dar. Parece que o seu Frontini falou que eu só monto time ruim e que meu time só sabe dar pancada. Talvez ele tenha falado isso, porque durante três vezes ele foi me oferecido e eu vetei a contratação dele aqui. Porque aqui quem contrata jogador não é o dirigente. Aqui quem dá a palavra final é o treinador e eu não trouxe porque para mim ele é um ex-jogador em atividade”, replicou o técnico.