Ailton Silva negocia acerto com o Confiança

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Treinador do confiança, Ailton Silva disse que tomou a decisão certa ao aceitar o convite. Foto: GBatista
Treinador do confiança, Ailton Silva disse que tomou a decisão certa ao aceitar o convite. Foto: GBatista

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 29/09/2017 às 06:31:00

Givaldo Batista - givaldobs@yahoo.com.br

 

O anúncio oficial da permanência do treinador Ailton Silva no Confiança deve acontecer nos próximos dias. Diretoria e técnico estão em negociação e em fase bastante adiantada. “Faltam poucos detalhes para definição do novo contrato”, revela Ailton Silva, afirmando que como existe interesse das partes, as negociações se tornam mais fáceis.

A verdade é que apesar do sucesso na sua passagem pelo time proletário, Ailton Silva já deferia ter vindo quando da liberação do treinador Leandro Sena. Na oportunidade valeu mais a voz do torcedor que pedia o retorno de Roberto Fernandes. Com a passagem meteórica de Fernandes pelo Dragão, a diretoria resolveu corrigir o erro e trouxe enfim, o treinador sonhado elos dirigentes desde o inicio: Ailton Silva.

No momento, Ailton Silva é unanimidade no Confiança e, para ele, o Dragão é um excelente local de trabalho. Mas até o dia 1º de agosto, a situação era bem diferente. O time azulino brigava contra o rebaixamento e tinha perdido um treinador querido para o Náutico. O treinador era respeitado pelo trabalho com o Itabaiana no primeiro semestre, mas era visto com certa desconfiança.

Cerca de dois meses depois, Ailton Silva pode relembrar aquele dia com risos e a certeza de que fez a escolha certa. Ele revelou detalhes de como foi a conversa com Ernando Rodrigues, para substituir Roberto Fernandes.

- Recebi uma ligação do Ernando Rodrigues, diretor de futebol e ele disse: "A coisa aqui está difícil, não está engrenando, o treinador Roberto Fernandes acabou acertando com o Náutico. Temos seis jogos, quatro fora dois em casa, e precisamos buscar essa recuperação, a coisa está feia". Aí fiz uma análise rápida, não tinha muito tempo, tinha que dar resposta no mesmo dia, mas conhecia o elenco por ter enfrentado e alguns jogadores que trabalharam comigo antes e apostei muito nisso e deu certo. Graças a Deus a permanência veio. Agora é tomar cuidado no ano que vem, para que não se repita essa sensação de dificuldade. Teve ano passado, teve esse ano, então o que foi conquistado tem que ser mantido, relembrou Ailton Silva.