Atualização do sistema de emissão da NFS-e estará no ar na próxima terça-feira

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 30/09/2017 às 00:01:00

O novo sistema para emissão da Nota Fiscal de Serviço Eletrônica (NFS-e) em Aracaju estará no ar na próxima terça-feira, dia 3 de outubro, a partir do meio dia. A Secretaria Municipal da Fazenda aproveita para informar aos contribuintes, empresas prestadoras de serviço e profissionais que utilizam o Webiss, que a ferramenta ficará indisponível neste sábado, 30, também às 12h.

"Neste período, recomendamos a emissão do Recibo Provisório de Serviço (RPS), conforme estabelece o artigo 16 do decreto 3.393/2011, para posterior conversão em Nota Fiscal Eletrônica. O modelo a ser seguido está disponível no portal do Webiss", informa o diretor de Departamento de Tributos Mobiliários (DTM) e o auditor da Semfaz, Carlos Augusto de Oliveira.  

A suspensão temporária da ferramenta, segundo ele, é necessária para que haja a transferência de dados entre a versão antiga e a que estará no ar em outubro. "A ferramenta utilizada atualmente está em vigor desde 2011, e a administração sentiu a necessidade de aprimorá-la, especialmente para acompanhar os avanços que a tecnologia oferece ao mercado", enfatiza Carlos Augusto de Oliveira.

Para aperfeiçoar o sistema, foram levadas em conta as novas regras tributárias surgidas nos últimos anos, além, é claro, da necessidade dos próprios contribuintes e fiscais da Fazenda. "Lançaremos um novo layout, mais simples, dinâmico, moderno e de fácil manuseio, bem como oferecendo maior agilidade de navegação e segurança da informações. Também será possível emitir o documento de computadores, tabletes e smartphones, sem a necessidade de um aplicativo", detalha. 

O secretário municipal da Fazenda, Jeferson Passos, entende a importância em acompanhar a evolução da tecnologia e utilizá-la a favor do serviço público. "Este é um dos pilares da administração do prefeito Edvaldo Nogueira, e nós, na Fazenda, estaremos atentos a tudo que possa ser utilizado para facilitar e agilizar a relação entre a gestão e o contribuinte", garante. Por mês, são emitidas cerca de 600 mil NFS-e em Aracaju.