Seminário Estadual de Gestão do Trabalho e da Vigilância Socioassistencial discutirá fortalecimento do SUAS em Sergipe

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 03/10/2017 às 06:19:00

Com o objetivo de aprofundar reflexões e debates sobre o Sistema Único de Assistência Social (SUAS) para a oferta dos serviços aos usuários de Sergipe, acontece nos dias 03 e 04 de outubro o Seminário Estadual de Gestão do Trabalho e da Vigilância Socioassistencial. Promovido pela Secretaria de Estado da Inclusão Social (Seidh), o evento reunirá gestores municipais da Política de Assistência Social e coordenadores de Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) e Centros de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS).

A abertura será hoje (03), às 9h, na sede da Seidh (Rua Santa Luzia, 680 – São José). De acordo com Rejane Melo, diretora do Departamento de Assistência Social (DAS/Seidh), o foco do evento é reforçar o que preconiza o SUAS diante de uma gestão organizada e qualificada na oferta de serviços socioassistenciais à população beneficiária em Sergipe. O encontro reunirá 300 participantes (150 no primeiro dia e 150 no segundo), divididos por territórios de atuação.

“A expectativa é que, realmente, todos os municípios compareçam para que possamos esclarecer o que é a Vigilância Socioassistencial, conhecer o olhar diferenciado entre o CRAS e o CREAS, saber quais são os equipamentos que estão, de fato, funcionando, para que possamos fazer um diagnóstico sobre como a Política de Assistência Social vem sendo aplicada em cada região”, destaca Rejane Melo.

Durante o Seminário, os representantes dos municípios terão a possibilidade de expor suas realidades, favorecendo a troca de ideias e experiências sobre os serviços do SUAS. Além disso, os participantes terão a oportunidade para tratar sobre a relevância da gestão de trabalho e permanente do Sistema, discutir os processos na perspectiva de uma atuação integrada e interdisciplinar.

"O evento contemplará a metodologia participativa através de conteúdos teóricos e práticas profissionais desenvolvidas no cotidiano da gestão e dos serviços. Nesses dois dias, os participantes vivenciarão palestras e oficinas. Esperamos a grande participação e o proveito para que todo conteúdo exposto propicie grandes efeitos em cada município”, pontua Rejane.