Acusado por agredir ex-esposa tenta subornar o delegado

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 05/10/2017 às 06:05:00

A polícia de Riachuelo (Vale do Cotinguiba) prendeu um homem que foi flagrado espancando a própria ex-esposa e ainda tentou subornar o delegado para ser liberado. Genilton dos Santos, 48 anos, foi detido nesta terça-feira, após ser denunciado pela vítima. Ela relatou em um boletim de ocorrência que já havia denuncia o seu ex-companheiro por duas vezes, e, desta vez, foi agredida com um soco por Genilton, que ainda ameaçou matá-la com uma faca.

Após ser preso por agentes da Delegacia de Riachuelo, em cumprimento a uma ordem de prisão, o acusado teria proposto um acordo aos policiais: pagaria R$ 3 mil em dinheiro para ser liberado e não responder ao processo. O delegado João Martins Cunha decidiu então questionar Genilton sobre a oferta e gravou a conversa em um vídeo. “Eu vou explicar direito ao senhor. Meu pai paga 3 mil pra eu sair daqui, e eu não mexo com ela mais, deixo ela em paz. Não me mande pra Aracaju, não. Pago ao senhor, em mão. Eu não digo nada a ninguém”, repetiu ele na gravação, chegando a chorar.

O delegado respondeu dando voz de prisão em flagrante a Genilton, que passou a responder por dois crimes. “Além da Maria da Penha [violência doméstica], o senhor vai responder pelo crime de corrupção ativa. Estou gravando essa conversa e o senhor tentou subornar um delegado de polícia”, disse Martins. O acusado vai responder ao processo detido e aguarda transferência para um presídio.