Tite faz três mudanças contra a Bolívia

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Brasil enfrenta a Bolívia e os 3.600 metros da altitude de La Paz, hoje à tarde. Foto: Divulgação
Brasil enfrenta a Bolívia e os 3.600 metros da altitude de La Paz, hoje à tarde. Foto: Divulgação

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 05/10/2017 às 06:19:00

O técnico Tite anunciou três alterações na seleção brasileira que enfrentará a Bolívia nesta quinta-feira 5, em La Paz, pelas eliminatórias da Copa do Mundo, em relação ao time que jogou contra o Equador: o lateral-esquerdo Alex Sandro, o zagueiro Tiago Silva e o meia-atacante Filipe Coutinho tiveram escalação confirmada pelo treinador, após o treino da terça-feira, na Granja Comari, em Teresópolis. Alex Sandro jogará na vaga de Marcelo, contundido, assim como seu reserva, Filipe Luís; Tiago entra no lugar de Marquinhos e Coutinho ocupa a vaga de William.

Assim, a equipe brasileira deverá começar a partida contra os bolivianos com Alisson, Daniel Alves, Tiago Silva, Miranda e Alex Sandro; Casemiro, Renato Augusto, Paulinho e Filipe Coutinho; Neymar e Gabriel Jesus. Para o último jogo das eliminatórias, em São Paulo, contra o Chile, na próxima terça-feira, o goleiro Ederson entrará no lugar de Alisson, segundo informou Tite durante entrevista coletiva. O técnico não convocou substituto para o meia Diego, do Flamengo, cortado da seleção nesta terça-feira, devido a uma lesão que lhe causava dores na coxa.

Sobre os efeitos da altitude de La Paz nos jogadores brasileiros, Tite admitiu que haverá dificuldades, mas usará algumas táticas para tentar neutralizar o problema. Uma delas é a posse de bola e as outras ele preferiu manter em segredo. A seleção brasileira já está classificada para a Copa do Mundo da Rússia e lidera as eliminatórias sul-americanas, com 37 pontos ganhos. A Bolívia, com 13 pontos e em nono lugar, não tem mais chances de ir ao mundial. Outras três vagas estão sendo disputadas por Uruguai, Colômbia, Peru, Argentina, Chile e Paraguai. Nesta quinta-feira, jogam também Colômbia x Paraguai, Chile x Equador, Argentina x Peru e Venezuela x Uruguai.

Fantasma da altitude - A altitude de 3.640 metros de La Paz é uma das maiores preocupações da Seleção Brasileira para o confronto contra a já eliminada Bolívia nesta quinta-feira. A bola rola às 17h00 (de Brasília), no Estádio Hernando Siles, em partida válida pela 17ª rodada das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo da Rússia.

Depois de já indicar qual será a equipe titular para o confronto, o técnico Tite garantiu que ainda existem vagas em aberto para o Mundial do ano que vem. Apesar de ter alguns atletas novos na convocação, o comandante garantiu, porém, que não faz testes na equipe e que as oportunidades aparecem por momento técnico ou lesão.

O desempenho da Bolívia - A Bolívia está em nono lugar nas eliminatórias e não tem condições de melhorar essa situação. Com 13 pontos (quatro vitórias, um empate e 11 derrotas) não tem qualquer possibilidade de brigar por vaga na Copa ou mesmo alcançar o Equador, oitavo colocado com 20 pontos somados.

Para a jornada dupla derradeira das eliminatórias, o técnico Mauricio Soria não poderá contar com um de seus principais jogadores. Com uma contusão no joelho direito, o meia e atacante Pablo Escobar não pode ser chamado.

BOLÍVIA X BRASIL

Local: Estádio Hernando Siles, em La Paz (BOL) às - 17h00. Árbitro: Fernando Rapallini (ARG). Auxiliares: Diego Bonfá e Gabriel Chade (ARG). BRASIL:  Alisson, Daniel Alves, Thiago Silva, Miranda e Alex Sandro; Casemiro; Paulinho, Renato Augusto, Philippe Coutinho e Neymar; Gabriel Jesus. TÉCNICO: Tite.