Laércio diz que mudança de PIS/Cofins pode levar à perda de até 2 milhões de empregos

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 06/10/2017 às 06:26:00

“Sou contra a Reforma do Pis/Cofins porque ela representa aumento de impostos em diversos segmentos da economia, o que significará aumento de preços de passagens de ônibus, de avião, escolas, serviços de telefonia e internet, entre outros, além do desemprego no setor de serviços”, disse o deputado federal Laércio Oliveira, ao palestrar sobre o assunto no Comitê Estratégico de Análise da Conjuntura Política promovido, nesta quinta-feira, 5, pela Câmara Americana de Comércio.

De acordo com o deputado, de cada dez postos de trabalho, dois serão encerrados porque as empresas terão um aumento de custo que pode chegar a cinco pontos percentuais sobre seu faturamento. “Poderemos ter um desemprego de dois milhões de pessoas”, explicou.

O parlamentar destacou ainda que as alterações representariam “aumento significante de impostos”, embora a proposta seja travestida de uma ideia de simplificação tributária. “A gente não tem ambiente para aumento de impostos. O caminho é gestão eficiente do gasto público”, disse.