Tite corta Thiago Silva e chama Rodrigo Caio

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 07/10/2017 às 06:30:00

A seleção brasileira sofreu uma baixa para o seu último compromisso nas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2018, diante do Chile, na próxima terça-feira, em São Paulo. Nesta sexta, a CBF comunicou o corte do zagueiro Thiago Silva, do Paris Saint-Germain, que se lesionou na última quinta, durante o empate por 0 a 0 com a Bolívia, em La Paz. Para a sua vaga, o técnico Tite convocou Rodrigo Caio, do São Paulo.

Thiago Silva, que havia recebido uma oportunidade entre os titulares da seleção no duelo com a Bolívia, se lesionou ainda no primeiro tempo do confronto, sendo substituído por Marquinhos com cerca de 30 minutos de jogo. E o jogador do PSG é o favorito para formar a dupla de zaga com Miranda no duelo com o Chile, ainda mais que eles vinham atuando juntos nos compromissos anteriores do Brasil.

Nesta sexta-feira, após a chegada da seleção a São Paulo, Thiago Silva foi submetido a exames médicos que detectaram uma lesão muscular na coxa direita. O problema o impede de enfrentar o Chile e levou a comissão técnica a optar pelo seu corte.

Para o compromisso da próxima terça, no Allianz Parque, Tite convocou Rodrigo Caio. O são-paulino era presença constante em convocações recentes da seleção, mas acabou ficando fora da lista para os compromissos contra Bolívia e Chile, com o treinador optando por dar uma chance a Jemerson, do Mônaco.

Agora, porém, Tite volta a chamar Rodrigo Caio. Curiosamente, o zagueiro treinou na manhã desta sexta-feira no CT do São Paulo, na Barra Funda. O local é o mesmo palco da atividade da seleção nesta tarde, em trabalho que conta com a presença do zagueiro e será o primeiro da equipe na preparação para o confronto com o Chile.