Acusado por assaltos e estupros é preso em Lagarto

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 12/10/2017 às 00:24:00

Equipes do Departamento de Atendimento a Grupos Vulneráveis (DAGV), Delegacia Regional de Lagarto e da Divisão de Inteligência e Planejamento Policial (Dipol) prenderam um acusado de acusado de praticar assaltos e estupros no centro de Lagarto (Centro-Sul). José Nildo de Jesus Santos, 32 anos, foi detido realizada nesta terça-feira e, até o momento, reconhecido por três mulheres.

A delegada do DAGV na Regional de Lagarto, Ana Paula Moreira, explicou que o acusado costumava agir em uma moto de cor preta, com capacete, capuz e uma jaqueta com a estampa de Bob Marley nas costas. Um dos crimes aconteceu na noite do dia 26 de agosto, quando José Nildo abordou duas mulheres que estavam nas imediações do Centro e, após o roubo, obrigou uma delas a subir na moto e a levou até um local ermo, onde praticou o estupro. O caso foi registrado no DAGV e começou a ser apurado.

Três dias depois, duas mulheres procuraram o Departamento para denunciar que haviam sido assaltadas e uma delas estuprada. Assim como no crime anterior, um homem armado, que estava em uma moto de cor preta, usando capacete e uma jaqueta com a estampa de Bob Marley, assaltou oito pessoas que estavam na área do central do município, dentre elas duas mulheres. Uma vítima relatou à polícia que, após o assalto o criminoso praticou atos libidinosos, enquanto a outra foi levada na moto até uma área distante e estuprada.

Com o apoio da Dipol, a equipe do DAGV de Lagarto aprofundou as investigações e conseguiu chegar a identificação e endereço de Nildo. "Os policiais encontraram na casa de José Nilson uma jaqueta com as descrições idênticas as utilizadas pelo assaltante e estuprador", disse a delegada, acrescentando que o acusado foi chamado para depor na delegacia, onde foi fotografado e reconhecido pelas mulheres. "Uma das vítimas não só reconheceu o autor pela imagem, mas, também pela voz", ressaltou ela.