Presos dois suspeitos por morte de vigilante em Neópolis

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 12/10/2017 às 00:27:00

A Polícia Civil prendeu na manhã desta quarta-feira dois suspeitos pelo assassinato do vigilante Fernando Freire Bastos, 25 anos, que foi vítima de um latrocínio (roubo seguido de morte) ocorrido no dia 16 de setembro em uma fábrica de tecidos no centro de Neópolis (Baixo São Francisco). Fabiano Feitosa de França, o ‘Binho’, 28, e Thiago Silva Santos, o ‘Botija’, 22, foram detidos na própria cidade, durante uma operação com policiais das delegacias de Neópolis, Santana do São Francisco e Pacatuba, além da Coordenadoria de Polícia Civil do Interior (Copci).

Os agentes foram mobilizados para cumprir mandados judiciais de prisão temporária e de busca e apreensão. De acordo com o delegado de Neópolis, Tiago Lustosa, as investigações sobre o crime começaram a partir da análise de evidências e provas que possibilitaram a solicitação dos mandados. Fabiano foi o primeiro a ser preso e confessou sua participação no crime, indicando Thiago como outro envolvido no latrocínio. Ele informou ainda que, com Fabiano foi encontrada um revólver e a lanterna roubadas do vigilante. Já com Thiago, foi apreendida a espingarda utilizada no latrocínio. Os dois foram autuados em flagrante por dois crimes de posse ilegal de arma.