Brasil encara Honduras de olho na Alemanha

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Se passar por Honduras, o que não será muito difícil, o Brasil enfrenta Alemanha nas quartas de final do Mundial Sub 17. Foto: Divulgação
Se passar por Honduras, o que não será muito difícil, o Brasil enfrenta Alemanha nas quartas de final do Mundial Sub 17. Foto: Divulgação

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 18/10/2017 às 07:00:00

Após terminar a fase de grupos na liderança e com 100% de aproveitamento, a seleção brasileira volta a campo nesta quarta-feira 18, às 12h30 (de Brasília), para medir forças com Honduras no Estádio Internacional Jawaharlal Nehru, em Kochi, na Índia, pelas oitavas de final do Mundial sub-17.

O vencedor do duelo entre Brasil e Honduras enfrentará nas quartas de final a Alemanha, que eliminou a Colômbia com direito a uma goleada por 4 a 0. O confronto acontecerá no domingo, na cidade de Calcutá.

Os brasileiros terão pela frente um time fraco tecnicamente e que avançou como um dos melhores terceiros colocados. Caso o duelo desta quarta-feira termine empatado no tempo regulamentar, a definição será diretamente nas cobranças de pênaltis. Neste torneio não há prorrogação por conta do desgaste.

O técnico da seleção brasileira, Carlos Amadeu, pediu aos jogadores uma forte marcação no campo de defesa do adversário. “Nós precisamos nos impor, pois Honduras vai jogar de maneira fechada. Temos que nos impor no campo deles, os forçando ao erro. Se isso acontecer vamos caminhar para um resultado bem interessante”, disse.

Pelo lado de Honduras, o técnico José Valladares, que também deve manter sua base, pediu para seus atletas atuarem com alegria. “Temos que fazer bem o nosso jogo, atuando com alegria. Chegamos até o nosso objetivo, que era a vaga nas oitavas e podemos ir mais longe se atuarmos de maneira leve, compromissados com o nosso estilo”, afirmou.

Um pouco mais cedo, às 9h30 (de Brasília), no Estádio Deportivo Dr. DY Patil, em Navi Mumbai, Gana e Níger fazem duelo de africanos. O segundo terminou em terceiro lugar a chave vencida pelo Brasil, enquanto que os ganeses venceram o grupo A.

BRASIL X HONDURAS

Local: Estádio Internacional Jawaharlal Nehru, em Kochi (Índia) - Horário: 12h30(de Brasília) - Árbitro: Bamlak Tessema Weyesa (Etiópia) - BRASIL: Gabriel Brazão, Wesley, Vitão, Lucas Halter e Weverson; Marcos Antônio, Victor Bobsin e Alan; Paulinho, Lincoln e Brenner. Técnico: Carlos Amadeu. HONDURAS: Alex Rivera, Santiago Cabrera, Alex Gómez, Cristian Moreira e Gustavo Vallecillo; Luis Palma, Carlos Mejía, David Cardona, Everson López e Gerson Chávez; Patrick Palacios. Técnico: José Valladares.