Seleção Sub-17 vence Honduras e encara Alemanha

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
A Seleção Brasileira Sub 17 deu mais um show de bola em cima de Honduras e venceu por 3x0. Foto: Divulgação
A Seleção Brasileira Sub 17 deu mais um show de bola em cima de Honduras e venceu por 3x0. Foto: Divulgação

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 19/10/2017 às 06:06:00

A Seleção Brasileira Sub-17 segue dando show na Copa do Mundo da categoria. No início da tarde desta quarta-feira (18), a Canarinho bateu Honduras por 3 a 0 e garantiu a vaga nas quartas de final da competição. O atacante Brenner (2) e o meia Marcos Antônio marcaram os gols do Brasil no Estádio Jawaharlal Nehru, em Kochi, na Índia.

Na próxima fase, a Seleção Brasileira terá a Alemanha como adversária. O duelo pela classificação às semifinais está marcado para o próximo domingo (22), às 12h30 (de Brasília), no Estádio Salt Lake, em Calcutá.

O jogo - O Brasil não tomou conhecimento da seleção de Honduras e partiu para cima dos adversários desde o início da partida. Logo aos 11 minutos, Alanzinho recebeu na direita, mostrou muita categoria para tirar do marcador, tabelou com Wesley invadindo a área e passou para Brenner abrir o placar.

Já na reta final do primeiro tempo, aos 44, a Canarinho conseguiu ampliar a vantagem. Alanzinho e Paulinho fizeram boa jogada com troca de passes curtos e o atacante do Vasco serviu Marcos Antônio, que tocou na saída do goleiro oponente.

Na etapa final, o domínio brasileiro foi ainda maior. A equipe de Honduras, mesmo perdendo, adotou uma postura defensiva e praticamente não atacou. Aos dez minutos, Wesley recebeu lançamento na área, deu um chapéu no marcador e se atrapalhou na hora da finalização. Bem posicionado, Brenner aproveitou a sobra e marcou o terceiro gol da Seleção. A partir daí o ritmo do jogo diminuiu, o Brasil passou a controlar mais a posse de bola e o placar terminou com vitória canarinho por 3 a 0.   

Brasil: Gabriel Brazão; Wesley (Victor Yan), Vitão, Lucas Halter e Weverson (Luan Candido); Victor Bobsin, Marcos Antônio e Alanzinho (Helio Junio); Paulinho, Lincoln e Brenner.