Banese reabre agência do Shopping Riomar

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Autoridades durante a reabertura da agência do Banese no Riomar. Foto: Luis Mendonça
Autoridades durante a reabertura da agência do Banese no Riomar. Foto: Luis Mendonça

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 26/10/2017 às 05:21:00

A agência do Banco do Estado de Sergipe (Banese) localizada no Shopping Riomar, em Aracaju, reabriu na manhã desta quarta-feira, após seis meses em obras de reforma. A agência voltou a funcionar logo após a solenidade de inauguração das instalações da nova etapa do Shopping Riomar, realizada nesta quarta e que contou com a presença de diversas autoridades, entre as quais o governador Jackson Barreto, o vice-governador Belivaldo Chagas, e o presidente do Banese, Fernando Mota, além dos empresários João Carlos Paes Mendonça e Noel Barbosa, responsáveis pela ampliação do centro comercial.

Após a inauguração da nova etapa do Riomar, o governador e os empresários percorreram as instalações do centro comercial e estiveram na agência do Banese, onde foram recepcionados pelo presidente do banco, Fernando Mota, e pelos diretores José Marcelino e Helom Oliveira, além de outros executivos da instituição.

Segundo o presidente do Banese, a reforma da agência Riomar faz parte do projeto de segmentação de clientes do banco, que está dentro do planejamento estratégico da empresa. “Nesta unidade do Riomar o Banese estará voltado principalmente para a realização de negócios e para desenvolver um trabalho especializado de consultoria e assessoria financeira para a clientela na aplicação dos seus recursos e também na contratação de operações de empréstimos”, disse Fernando Mota.

Dentro desse modelo de agência, que privilegia o atendimento voltado para a assessoria financeira, a unidade do Banese no Riomar funcionará em horário diferenciado, no período das 11h às 19h. As novas instalações da agência, reforçando aspectos da sergipanidade em sua ambientação, contam com luminárias, papéis de parede, almofadas e tapetes produzidos por uma comunidade de artesãos do município de Santa Luzia do Itanhy que fazem parte de um projeto social apoiado pelo Instituto Banese.