Acusado de matar mulher é preso em Areia Branca

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 26/10/2017 às 05:30:00

Policiais civis da Delegacia de Areia Branca (Agreste) cumpriram na manhã de ontem um mandado de prisão definitiva contra Cleverton da Cunha Rocha, o “Keko”, condenado pelo crime de homicídio qualificado contra a vítima Andreia Santos Gomes. O crime ocorreu em 24 de março de 2014, na praça da Pomba, em Areia Branca.

Segundo as investigações, Keko e outros dois comparsas, Wesley Veríssimo Conceição, o “Elinho”, e Adalton Oliveira Batista, o “Tatuagem”, executaram a vítima na frente do filho de 12 anos e do namorado dela. O inquérito instaurado na Delegacia apontou que o crime foi planejado por Cleverton, que contou com a participação dos dois comparsas.

As investigações mostraram que o crime foi motivado por vingança, já que Cleverton acreditava que a vítima tinha sido a mandante do homicídio de um amigo dele conhecido como Paulo. Cleverton desferiu vários golpes de faca em Andreia, que morreu na hora. Todos os criminosos foram reconhecidos pelo filho da vítima.

O mandado de prisão definitiva deste crime foi expedido pela Justiça no dia 19 de outubro deste ano. No momento, em que os policiais faziam consultas a respeito do paradeiro do condenado, descobriram que o acusado já estava preso pelo crime de roubo majorado no Complexo Penitenciário Manoel Carvalho Neto (Copemcan), em São Cristóvão. Cleverton também é investigado pela participação em outro homicídio ocorrido no povoado Pedrinhas, em Areia Branca.