BNB assina contratos de R$ 1,3 bilhão com empresas de energias renováveis

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 26/10/2017 às 05:49:00

O Banco do Nordeste financiará, por meio do FNE Infraestrutura, R$ 1,326 bilhão para empreendimentos de energias renováveis no Ceará, Bahia e Piauí. A assinatura dos contratos com a Enel Green Power Brasil Participações, CPFL Renováveis e Apodi Energia foi realizada nesta terça-feira, 24, na sede do BNB, em Fortaleza, com a presença do presidente Marcos Holanda.

Serão financiados R$ 678,7 milhões para implantação de três parques de energia fotovoltaica da Enel Green Power Brasil Participações, subsidiária de energia renovável da Enel. Os empreendimentos estão localizados nos municípios baianos Bom Jesus da Lapa e Tabocas do Brejo Velho, e em Ribeira do Piauí (PI). O contrato foi assinado pelo presidente da Enel no Brasil, Carlo Zorzoli.

Localizadas em Quixeré, no Ceará, as usinas de geração de energia fotovoltaica Apodi, das empresas norueguesas Scatec Solar e Statoil, e da brasileira Kroma Energia, contarão com R$ 477,4 milhões do FNE. O presidente da Apodi SPE Energias Renováveis, Rodrigo Mello, representou o empreendimento no evento.

A CPFL Renováveis assinou contrato para o financiamento das usinas eólicas Pedra Cheirosa I e II, no município cearense Itarema. Serão financiados R$ 170,1 milhões pelo Fundo Constitucional. A diretora financeira, Chyntia Hobbs, representou a companhia no Centro Administrativo Presidente Getúlio Vargas.

Marcos Holanda destacou  o compromisso da instituição com o desenvolvimento da energia limpa no país. "O Banco apoiou os primeiros projetos de energia eólica que surgiram no Nordeste. Agora reafirmamos nosso compromisso, participando efetivamente dessa nova fase das energias renováveis no Brasil, com energias eólica e solar".