Brasil vence Mali e fica com terceiro lugar

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Seleção Brasileira jogou o suficiente para vender a Seleção de Mali e ficar com o terceiro lugar no Mundial Sub 17. Foto: Divulgação
Seleção Brasileira jogou o suficiente para vender a Seleção de Mali e ficar com o terceiro lugar no Mundial Sub 17. Foto: Divulgação

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 29/10/2017 às 00:33:00

A Seleção Brasileira fechou a participação na Copa do Mundo Sub-17 com vitória sobre Mali. No Estádio VivekanandaYubaBharatiKrirangan, em Calcutá, na Índia, o Brasil venceu por 2 a 0 e ficou com a terceira posição do Mundial. Com o triunfo deste sábado (28), a equipe comandada pelo técnico Carlos Amadeu se despediu do torneio com seis vitórias e apenas uma derrota. Ao todo foram 14 gols marcados e cinco sofridos. Os dois últimos foram anotados por Alan e Yuri Alberto.

O Jogo - O duelo começou movimentado com as seleções buscando com gol desde o apito inicial. A primeira chegada do Brasil veio aos oito minutos com Lincoln. Dentro da área, o atacante deixou a bola subir, tentou uma "puxeta", mas o chute foi para fora. Aos 15, em boa trama brasileira, Wesley recebeu de Paulinho, cortou a marcação e finalizou com perigo. Mali também tentou responder em chutes de longa distância, mas Salam e Camara não acertaram o alvo. Aos 27 minutos, a Seleção Brasileira criou uma excelente oportunidade em lançamento de Victor Bobsin, mas a bola escapou do domínio do meia Paulinho e parou nas mãos de Koita. Na reta final do primeiro tempo, o goleiro Brazão apareceu bem e manteve o empate sem gols.

Na volta do intervalo, o Brasil voltou a assustar aos nove minutos com Brenner, que finalizou por cima do gol. No minuto seguinte, Alan pressionou a saída de bola, arrancou em direção ao gol e, na finalização, contou com a infelicidade do goleiro Koita para fazer 1 a 0. A Seleção Brasileira aproveitou o bom momento, foi para cima e quase ampliou com Brenner e Rodrigo Guth. Mali tentou responder com Kane, de cabeça, mas Brazão fez grande defesa e mandou para escanteio. O Brasil fechou o placar nos minutos finais da partida. Aos 43, Yuri Alberto não perdoou, deixou o dele e sacramentou a vitória brasileira por 2 a 0.

BRASIL: Gabriel Brazão, Wesley, Vitão (c), Lucas Halter e Weverson; Victor Bobsin (Rodrigo Guth), Marcos Antônio e Alan (Rodrigo Nestor); Paulinho, Lincoln (Yuri Alberto) e Brenner.