Guardador de carros é morto a facadas no Mercado

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 04/11/2017 às 06:23:00

Um guardador de carros foi assassinado na manhã desta quinta-feira de Finados, em pleno estacionamento do Mercado Albano Franco, centro da capital. Aparecido Santos de Souza, 21 anos, conhecido como ‘Epilepsia’, morreu após se envolver em uma briga com outro homem e foi atingido com uma facada na altura do peito. O principal acusado pelo crime, Francisco Antônio Aguiar, o ‘Careca’, foi preso em flagrante numa rua próxima ao Mercado e, segundo a polícia, confessou o crime.

O incidente chamou a atenção dos freqüentadores, que chamaram imediatamente as equipes da Polícia Militar e da Guarda Municipal. Testemunhas descreveram que o autor do crime foi um senhor de idade que era careca e costumava andar com um cachorro de cor preta. Algumas buscas foram feitas pelas ruas próximas ao Mercado, até que uma testemunha viu Francisco dormindo a poucos metros do local, enquanto o corpo era examinado por peritos do Instituto de Criminalística. O acusado não reagiu à prisão.

Em depoimento na Delegacia Plantonista, ‘Careca’ disse que matou Aparecido por causa de um desentendimento que tiveram, enquanto bebiam. A briga teria sido provocada pela compra de uma porção de maracujá.  O acusado disse que, em meio a uma troca de agressões físicas, o guardador deu-lhe uma pedrada na perna e, por isso, atacou-o com uma faca. Autuado em flagrante por homicídio, Francisco passou ontem à tarde pela audiência de custódia e teve a prisão decretada pelo juiz plantonista Haroldo Luiz Rigo da Silva. Foi determinado ainda que ele seja encaminhado à enfermaria de uma unidade do sistema prisional, já que o acusado foi portador de tuberculose. (Gabriel Damásio)