HU implanta um plano de melhora do circuito cirúrgico

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 06/11/2017 às 07:28:00

O Hospital Universitário da Universidade Federal de Sergipe (HU-UFS) está implantando um plano de melhora do serviço de cirurgias, focado no objetivo de otimizar os leitos e reduzir suspensões de cirurgias, com o incremento da qualidade assistencial, a redução das burocracias nos fluxos e a geração de economia ao erário. Paralelamente, será ampliado o espaço do hospital com a inauguração do novo Anexo Hospitalar, que se inaugurará em 1 de dezembro de 2017. Esses foram os temas de uma reunião levada a cabo pelo Comitê Consultivo para Reestruturação do Circuito Cirúrgico do HU-UFS na última quarta-feira, 25, composto por gestores de unidades que têm relação com especialidades cirúrgicas, além dos chefes da Divisão de Enfermagem, do Setor de Regulação e Avaliação em Saúde (SRAS), da Divisão de Apoio Diagnóstico e Terapêutico (DADT) e do Setor de Hotelaria Hospitalar.

A chefe do SRAS, Genilde Oliveira, foi uma das facilitadoras na reunião do Comitê, juntamente com o chefe do DADT, Raimundo Saturnino, cujas intervenções apresentaram as medidas à Governança do HU-UFS para a reestruturação do circuito cirúrgico. “Precisamos montar o percurso do paciente cirúrgico dentro do hospital, de forma que ele consiga realizar a sua cirurgia no menor tempo possível e com conforto”, explicou Genilde. A intenção é que, nos próximos meses, seja montado um fluxo no qual o paciente cirúrgico possa, por exemplo, fazer todos os seus exames num único dia.

O plano de melhora do circuito cirúrgico prevê atuação em alguns pontos cruciais, como a implantação do ambulatório de enfermagem do pré-operatório. Na reunião, o Comitê tomou como sua primeira medida o novo dimensionamento dos leitos cirúrgicos, que a partir de agora são organizados por especialidades, levando em conta critérios como número de cirurgias, meta contratualizada com o município de Aracaju e o tempo de permanência do paciente.