Lagarto intensifica trabalhos rumo a Copa São Paulo

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 06/11/2017 às 07:38:00

Com a conquista da tão sonhada classificação para a Copa São Paulo de Futebol Júnior 2018, os atletas e comissão técnica do Lagarto Futebol Clube estão intensificando os trabalhos para fazerem uma boa campanha na competição, que é considerada a porta de entrada de muitos garotos no futebol profissional. Esta será a segunda vez que um time de Lagarto participará da Copa São Paulo.

De acordo com o técnico Hélio Romeu, desde o fim do Campeonato Sergipano de Juniores, o grupo tem realizado ações para garantir uma boa campanha na Copinha, visto que na última participação do clube na competição, o grupo sequer conquistou uma vitória. Entre as ações, estão as peneiras esportivas realizadas em municípios sergipanos e baianos, além de treinamentos nos gramados do Barretão e no Projeto Bola de Ouro, desenvolvido pelo atacante Diego Costa.

 

- Esse é um trabalho de médio e longo prazo. Primeiro a gente dá a formação de disciplina e comportamento, de cobrança de responsabilidade para que eles possam seguir, primeiramente, uma vida digna enquanto cidadão e depois como o atleta, que realmente vai se firmar no futebol, detalhou Hélio Romeu ao lembrar que entre seis e oito atletas devem compor o elenco profissional do Lagarto FC em 2018.

Para os jovens atletas lagartenses Alisson Santana, o Mãozinha, e Vitor Souza, a expectativa para participar da Copinha tem sido enorme, devido a importância da competição para o futebol de base e a ascensão de novos atletas no mundo profissional do futebol de campo. “A equipe está entrosada e mais alguns atletas vão chegar nos próximos dias. Até lá, vamos trabalhar para que possamos fazer um bom campeonato”, comentou Souza.

Apesar da expectativa dos jovens, o preparador físico do Lagarto, Rodrigo Carvalho, informou que todos os atletas do time já estão inscritos para o campeonato, mas que somente 20 embarcarão para a Copinha, uma vez que o regulamento somente permite a participação de 20 atletas e 05 membros da comissão técnica.

“Nesse primeiro momento, a nossa avaliação para selecionar o elenco será mais técnica e tática do que física. Mas na avaliação geral, com todos os atletas, vamos avaliar todos os aspectos: físico, psicológico, técnico e tático”, detalhou Carvalho ao acrescentar que o time embarcará para São Paulo no início de janeiro de 2018.