Demolição de escola abandonada em Socorro é concluída

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 08/11/2017 às 06:37:00

Equipes da Prefeitura de Nossa Senhora do Socorro (Grande Aracaju) concluíram na manhã de ontem a demolição de escola abandonada no Conjunto Marcos Freire I, onde o corpo da adolescente Michele de Jesus Santos, 13 anos, foi encontrado no último sábado, com sinais de espancamento e agressão sexual. A demolição tinha sido iniciada no dia anterior pelos próprios moradores da comunidade, que se revoltavam contra o uso das ruínas da escola como local de esconderijo para criminosos e viciados em drogas.

Segundo o secretário de comunicação de Socorro, Renato Nogueira, a demolição foi um pedido feito pela própria população. Após a demolição dos escombros, a prefeitura tentará viabilizar uma parceria com instituições de ensino superior para a instalação de um polo avançados de estudos no local. O terreno pertencia ao Governo do Estado e havia sido doado em 2005 para o Município de socorro, com a promessa de construção de uma escola, mas segundo os moradores, nada foi feito.

A morte de Michele continua sendo investigada por policiais do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Dois suspeitos chegaram a ser levados para prestar depoimento, mas acabaram liberados por falta de indícios suficientes que justificassem um pedido de prisão dos suspeitos.