Brasil passa fácil pelo Japão na França

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Brasil não teve dificuldades para fazer 3x1 no Japão em amistoso na França. Foto: Divulgação
Brasil não teve dificuldades para fazer 3x1 no Japão em amistoso na França. Foto: Divulgação

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 11/11/2017 às 06:58:00

Com gols de Neymar, Marcelo e Gabriel Jesus o Brasil venceu o amistoso com o Japão por 3 a 1 no estádio Pierre-Mauroy, em Lillie, na França. O jogo faz parte de uma sequência de testes que o técnico Tite quer expor a Seleção Brasileira pensando na Copa do Mundo de 2018. Inclusive, no decorrer do jogo, o treinador testou alguns jogadores que vinham no banco de reservas, como Cassio, Taison, Alex Sandro e Douglas Costa.

Quem trabalhou bastante durante o jogo foi o VAR (sigla para Árbitro de Vídeo em inglês). Foi ele o responsável por marcar o pênalti em cima de Fernandinho praticamente no primeiro lance do jogo e também foi útil para aplicar um cartão amarelo para o atacante Neymar, numa dividida em que o camisa 10 usou o braço no rosto do adversário.

Ponto central de polêmicas no futebol, o árbitro de vídeo foi fundamental para o Brasil abrir o placar no estádio Pierre-Mauroy. Em um lance fora da disputa pela bola, Yoshida puxou Fernandinho na grande área e o árbitro Benoit Bastien não viu, mas contou com a ajuda do VAR (sigla para árbitro de vídeo em inglês) para marcar o pênalti. Na cobrança, Neymar deslocou o goleiro e balançou as redes logo aos nove minutos de jogo.

No primeiro lance de ataque do Brasil, Gabriel Jesus esticou a bola, ficaria frente a frente com o goleiro, mas acabou derrubado por Yamaguchi e o árbitro marcou um novo pênalti. Desta vez Neymar trocou o canto e Kawashima fez uma linda defesa. Na cobrança de escanteio, a bola sobrou para Marcelo na intermediária. O lateral soltou o pé direito e mandou no ângulo, ampliando a vantagem da seleção aos 17 minutos.

 

Muitas mudanças - Cássio ganhou uma oportunidade no lugar de Alisson. Aos 17 minutos, numa cobrança de escanteio fechada, o goleiro não saiu do gol para afastar e a bola acabou com Makino no segundo pau. O japonês, nas costas do zagueiro Jemerson, testou firme dentro da pequena área para fazer o primeiro gol do Japão. A partir daí vieram mais testes no Brasil: Willian, Gabriel Jesus e Neymar deixaram o campo para as entradas de Taison, Diego Souza e Douglas Costa.

O último amistoso do Brasil em 2017 acontece na próxima terça-feira, dia 14, contra a Inglaterra no estádio de Wembley, em Londres, às 18 horas. Esse vai ser um grande teste para o grupo de Tite, que está na reta final de preparação para a Copa do Mundo na Rússia, em 2018. No mesmo dia, às 17h45, o Japão enfrenta a Bélgica em Brugge.

Japão         1       x        3       Brasil         

Local: Stade Pierre-Mauroy - Lille-FRA -Árbitro: Benoit Bastien-FRA. Assistentes: Hicham Zakrani-FRA e Frédéric Haquette-FRA. Público: 16.922 pessoas. Cartões Amarelos: Japão: Hiroki Sakai, Yoshida, Haraguchi, Ideguchi. Brasil: Neymar. Gols: Japão: Makino 17' 2T. Brasil: Neymar 9' 1T, Marcelo 16' 1T, Gabriel Jesus 35' 1T. Japão: Kawashima; Sakai, Makino, Yoshida e Nagatomo;Hasebe (Morioka), Yamaguchi e Ideguchi (Endo);Kubo (Asano), Haraguchi (Inui) e Osako (Sugimoto).Técnico: Vahid Halilhodzic. Brasil: Alisson (Cássio); Danilo, Thiago Silva, Jemerson e Marcelo (Alex Sandro);Casemiro, Fernandinho e Giuliano (Renato Augusto);Willian (Taison), Neymar (Douglas Costa) e Gabriel Jesus (Diego Souza).Técnico: Tite.