Reunião discute plano de evacuação da Zona de Expansão

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 14/11/2017 às 06:25:00

Na manhã desta segunda-feira  uma reunião entre membros da Defesa Civil Municipal e da Petrobras debateu as adequações necessárias para a implantação do Plano de Evacuação da Comunidade da Zona de Expansão (PEC/AIZEA). Definiu-se o papel de cada órgão numa circunstância de emergência e como seria feita a conscientização da população que reside em local de risco, em um raio de um quilometro da plataforma Atalaia, na Zona de Expansão da capital.

O projeto surgiu com a preocupação de atualizar os procedimentos para o caso de uma situação de adversidade e foi apresentado durante um workshop realizado no dia 10 de outubro. Na ocasião, foram apresentados o plano, o vídeo institucional, que será utilizado para educar os residentes da área de risco, e uma maquete eletrônica. O objetivo é alinhar todo o conteúdo para maximizar as chances de êxito. “O Plano consiste numa padronização de procedimentos que devem ser adotados em situações de sinistro. Caso aconteça um evento aqui dentro da Petrobras ou da Nacional Gás é preciso que esteja claro quais os órgãos que serão acionados e suas obrigações. Além disso, ele ensina como a comunidade deve reagir a uma situação de emergência”, explica o capitão Silvio Prado, coordenador geral da Defesa Civil Municipal.

O plano apresentado no workshop passará pelas adequações necessárias e será aprovado por uma comissão formada pela Defesa Civil Municipal, os representantes da Petrobras, a representante do Núcleo de Defesa Civil da Comunidade e o representante da Nacional Gás.

A expectativa é que até o final deste ano tudo esteja acertado. “Será necessário fazer visitas para cadastramento das novas residências que surgiram com o crescimento imobiliário da Zona de Expansão. Quando esta etapa estiver sido realizada, nós disponibilizaremos o vídeo institucional em todas as redes sociais. Acredito que até dezembro tudo estará viabilizado”, afirma o capitão Silvio Prado.