Caio Simões encara duas frentes com Sergipe

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 20/11/2017 às 06:51:00

Givaldo Batista

givaldobs@yahoo.com.br

 

O jovem técnico Caio Simões tem uma maratona pesada neste final de ano e início de 2018. À frente da equipe Sub-20 do Sergipe na Copa do Nordeste, o técnico estreou com uma vitória em 2x2 contra o CRB. O time rubro continua na briga pela classificação.  Mass Caio Simões também está à frente da Seleção Sergipana que vai disputar o Brasileiro de Seleçõesno final do mês em São Paulo.

E a Seleção é a base do Sergipe. Assim, o treinador terá a Copa do Nordeste como laboratório para preparação da seleção. Esta semana em entrevista coletiva na sede da FSF, Simões divulgou a relação de convocados: Os goleiros serão Ismael (Confiança) e Sandro (Sergipe); Marcelinho (Sergipe) e Renisson (Maruinense) os laterais; Maxsuel (Sergipe), Renato (Sergipe) e Neto (Confiança) os zagueiros; Jotinha (Sergipe), Octavio (Estanciano), Phelipe (Confiança) e Biro-Biro (Sergipe) os volantes; Bruno (Frei Paulistano), Octávio Oliveira (Sergipe) e Vítor (Lagarto) os meias; por fim, João Vitor (Sergipe), Eduardo (Olímpico), Lulinha (Sergipe) e Obina (Sergipe).

Como se vê 10 dos 18 atletas convocados pertencem ao time rubro. O treinador terá pouco tempo para trabalhar a seleção e segundo a programação fará um ou dois jogos amistosos. “O que consideramos muito pouco para se fazer um trabalho perfeito, mas é o que nos resta”, lamenta o treinador.

Adversários – A Seleção Sergipana viaja no dia 27 ou 28 para São Paulo e estreia no dia 29 de novembro contra a Seleção Paulista. No dia 1º. de dezembro, o jogo será contra a seleção do Maranhão.Caio Simões está confiante em uma boa apresentação de Sergipe, na competição que envolve 27 seleções nacionais.

- Uma satisfação poder representar um estado e é um sinal de que estou no caminho certo na minha carreira. Sempre digo que não sou sergipano de fato, mas sou grato ao que esse estado representa para mim e para minha família.O desafio vai ser grande por se tratarem de dois estados fortíssimos, mas a nossa seleção tem tudo para representar bem o nosso estado, pois tem muita qualidade também, destacou Caio Simões.