Medidas agradam a governadores

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Dilma e ministros na reunião com governadores: linha de crédito para os estados
Dilma e ministros na reunião com governadores: linha de crédito para os estados

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 16/06/2012 às 11:14:00

Kelly Oliveira, Yara Aquino, Daniel Lima e Marcos Chagas
 Agência Brasil
 
Brasília - As medidas de estímulo aos estados anunciadas ontem pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega,  agradaram aos governadores e representantes das 27 unidades da Federação que se reuniram com a presidenta Dilma Rousseff no Palácio do Planalto.
O governador do Ceará, Cid Gomes, contou que, na reunião, a presidenta destacou a necessidade de investimento público, principalmente em obras de infraestrutura, e de estímulo ao consumo, com responsabilidade, no atual momento de crise econômica internacional. "A iniciativa privada acaba se recolhendo, em momentos como este", disse.
Para o vice-governador de São Paulo, Guilherme Afif Domingos, a mudança sobre as PPPs é a medida de maior relevância. "O que importa para São Paulo não é a repartição de empréstimo. É a desoneração das nossas PPPs", disse.
O governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro, apontou a desburocratização para obtenção do empréstimo como um fator positivo do pacote. "Há uma enorme satisfação de todos os governadores, porque será um empréstimo liberado sem a burocracia tradicional, e o objetivo são obras que impulsionem o desenvolvimento, gerem crescimento econômico e maior distribuição de renda no país, vinculadas ao desenvolvimento regional."