Pessoas com maior renda gastam 18 vezes mais com viagens que os de menor rendimento

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 15/09/2012 às 12:22:00

Rio de Janeiro - O brasileiro gastava, em média, R$ 50,16 por mês com viagens esporádicas (ou seja, não rotineiras) em 2008 e 2009. Segundo dados da Pesquisa de Orçamentos Familiares 2008-2009 - Perfil das Despesas do Brasil, divulgados ontem pelo IBGE, os brasileiros com renda superior a R$ 3 mil gastam R$ 147,63 com viagens por mês, enquanto aqueles com renda até R$ 910 gastam apenas R$ 8,46.

 "As famílias com maiores rendimentos mensais gastaram o triplo da média nacional e quase 18 vezes a quantia estimada para as famílias de menor rendimento", diz o pesquisador do IBGE José Mauro Freitas.

Os gastos variam também de acordo com o grau de escolaridade do brasileiro. Aqueles com ensino superior gastam R$ 187,61 com viagens, quatro vezes mais do que aqueles com apenas ensino médio (R$ 44,79) e oito vezes mais do que aqueles com ensino fundamental ou menos (R$ 22,29).

Entre os gastos com viagens, 48,7% são destinados a transporte, 22,6% a alimentação, 12,8% a pacotes e 11,6% a alojamentos (hotéis ou aluguéis por temporada). A maior parte dos gastos é feita em viagens a lazer e férias (37,9%), visita a parentes e amigos (22,3%) ou de negócios (15,8%).