Caio Simões pode treinar o Boca Junior

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Eliminado da Copa do Nordeste, o treinador Caio Simões inicia trabalhos com Seleção Sergipana, que vai a São Paulo na próxima semana. Foto: Divulgação
Eliminado da Copa do Nordeste, o treinador Caio Simões inicia trabalhos com Seleção Sergipana, que vai a São Paulo na próxima semana. Foto: Divulgação

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 26/11/2017 às 00:05:00

Se o seu clube de coração não lhe deu ainda essa oportunidade, o jovem treinador Caio Simões, m que tem forte DNA -ele é filho de Maurício Simões - pode na próxima temporada realizar o seu grande sonho como profissional, que é dirigir uma equipe de futebol profissional no futebol sergipano. “

- Não quero ser rotulado como um treinador de equipes de base. gosto de trabalhar com a base sim. Mas o meu projeto como profissional é ser treinador de uma equipe no Campeonato Sergipano”, revela o treinador das equipes de base do Sergipe.

Simões sabe que no Sergipe o máximo que pode ser, como vem sendo nos últimos tempos é auxiliar do profissional e efetivo da base. Ele não respondeu ainda ao convite do Boca Junior, mas disse que está muito propenso a aceitar o convite do time de estancia.

Depois da eliminação do Sergipe na Copa do Nordeste Sub 20, as atenções do jovem treinador estão voltadas para a Seleção Sergipana de Futebol Sub 20,que representarão Estado no Campeonato Brasileiro de Seleções Sub 20, que será realizada em São Paulo.

A Seleção Sergipana trem como base a equipe do Sergipe e na próxima semana, Caio Simões reúne a equipe para realizar pelo menos dois treinos, definindo os cortes a serem efetivados e relacionado os jogadores para o embarque da delegação.

Copa do Nordeste – Encerrada a participação do Sergipe na Copa do Nordeste Sub 20, com a eliminação para a equipe do Vitória, Caio Simões avaliou a participação do time rubro na competição nacional. Ele considerou muito boa a participação do time rubro. 

- A gente tem que entender que disparidade na base é muito maior. Eles conseguiram fazer o que a gente não conseguiu, que foi matar o jogo. A gente teve várias chances. Então é isso que a gente tem que espelhar. A gente não tem que espelhar no placar, tem que se apegar no trabalho, a forma com a gente jogou. Foram 22 jogos que a gente estava invicto no ano. Então, uma hora a derrota ia chegar, e chegou diante de um adversário que tem uma das melhores bases do Brasil,mas caímos de pé, avaliou Caio Simões.

O time foca agora as atenções na Copa Piauí e na Copa São Paulo de Futebol Júnior 2018. O Sergipe está no Grupo 10 com Botafogo/SP, São Paulo e Cruzeiro/DF. A sede do alvirrubro será a cidade de Ribeirão Preto. O Sergipe ainda não iniciou as contratações no profissional para o ano que vem. E diante do bom rendimento da base no ano, a ideia é que alguns atletas já possam ser aproveitados, inclusive, alguns deles já treinaram no profissional, como Biro-Biro, Marcelinho e João Vitor.