Sergipanos na luta contra a reforma previdenciária

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 05/12/2017 às 05:55:00

Em Sergipe e em vários estados do país acontece hoje a greve geral dos trabalhadores contra a reforma da previdência que o presidente Michel Temer deseja aprovar este ano no Congresso Nacional, mais ainda não tem os votos necessários. 

As centrais sindicais como CUT, CTB, Força Sindical, UGT e CSP-Conlutas, além de alguns sindicatos como Sintese, Sintufs, Sindijus, Bancários e Rodoviários, se mobilizaram para paralisar nesta terça-feira o sistema de transporte coletivo, os bancos, a coleta de lixo domiciliar e para fechar o comércio e as rodovias de acesso a capital sergipana.

O entendimento dos dirigentes sindicais e dos trabalhadores é que a reforma acaba com o direito à aposentadoria. Com a paralisação geral, eles querem mostrar que a classe trabalhadora está disposta a lutar contra a reforma da previdência.

Principalmente porque, ao contrário da propaganda do governo, a proposta de reforma do governo Temer não corta privilégios, como as altas aposentadorias dos parlamentares. Ela atinge apenas a classe trabalhadora que terá de trabalhar mais, ganhar menos e, se quiser receber o valor integral da aposentadoria, contribuir durante 40 anos, sem ficar nenhum período desempregado.

Indiferente ao fato de ter apenas 3% de aprovação popular e do povo brasileiro ser contra a reforma da previdência, Temer continua trabalhando para a sua aprovação. No último domingo, em reunião com lideranças dos partidos, foi discutida uma forma de pressão para os deputados e senadores votarem a favor da reforma.

Foi proposto um pacto entre os partidos governistas para que nenhum aceite, na janela partidária de 2018, filiação dos que votarem contra a reforma previdenciária. Ficou acordado ainda que os presidentes dos partidos só vão priorizar nas eleições, com o fundo partidário, os fiéis à proposta do governo de mudar as regras previdenciárias.

Agora é acompanhar como os parlamentares de Sergipe vão votar na reforma da previdência. O deputado federal Jony Marcos, presidente do PRB em Sergipe, reafirmou à coluna que votará contra a reforma previdenciária e qualquer projeto do presidente Temer.

O senador Eduardo Amorim (PSDB) não acredita que o projeto de reforma seja votado ainda este ano, pelo fato do governo não ter os votos necessários para sua aprovação. No caso de haver votação, ele antecipa que votará contra.

Que a greve de hoje seja bem sucedida!

................................................................................................................

 

Ainda presa

A presidente estadual do DEM, Ana Alves, até o fechamento da coluna ontem à noite permanecia detida no Presídio Feminino, em Nossa Senhora do Socorro, pela acusação de crimes de peculato, formação de organização criminosa e obstrução de investigação na Operação Caça-Fantasmas.   Ela encontra-se presa em uma cela com mais três detentas desde á sexta-feira, às 13h30, e no domingo à noite, por ser diabética, passou mal pela baixa da sua glicemia e foi atendida pelo Samu.

 

Pedido de habeas corpus

No final da manhã de ontem, o advogado de Ana Alves, após acesso aos autos do processo, entrou com pedido de habeas corpus, que foi distribuído para a desembargadora Ana Bernadete Carvalho Andrade, que se julgou impedida por ser esposa do ex-secretário de João Alves, Max Andrade. Ele foi redistribuído para o desembargador Diógenes Barreto, que não tinha se manifestado ainda.

 

O segundo a depor

Dentro da Operação Caça-Fantasmas, que visa investigar os comissionados fantasmas na gestão do prefeito João Alves Filho (DEM), o ex-vice-prefeito de Aracaju, José Carlos Machado (PSDB), prestou depoimento ontem na sede do Ministério Público de Sergipe.  No seu gabinete estavam nomeados 84 comissionados, sendo a maioria do interior do estado.

 

Os próximos a depor

A coluna recebeu a informação que as investigações que estão sendo feitas na Caça-Fantasma, pela equipe do Departamento de Crimes Contra a Ordem Tributária e Administração Pública (Deotap) e os promotores de Justiça do Grupo Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaecco), pega também dois ex-secretários da gestão João Alves. Eles devem ser os próximos a prestarem depoimento.

 

Na expectativa

O presidente do PPS, Clóvis Silveira, cuja legenda deseja aliança com o DEM em 2018 pelo seu tempo de TV, disse vai aguardar o resultado das investigações relacionadas a presidente Ana Alves para saber a posição do seu partido sobre aliança. Há cerca de 15 dias dirigentes do PPS se reuniram com Ana Alves, discutindo aliança nas eleições do ano que vem.

 

Filiações no PPS

Nessa quarta-feira, o PPS faz nova festa de filiação na sede do partido em Aracaju, a partir das 15h30. Entre os novos filiados o suplente de senador Laurinho da Bomfim, o ex-vereador Jailton Santana e o ex-superintendente da Polícia Federal em Sergipe. Kércio Pinto.

 

Aliados previstos

Em 2018, o PPS, que tem o ex-deputado federal Mendonça Prado como pré-candidato a governador e o ex-deputado federal João Fontes como pré-candidato a senador, tem a pretensão de se coligar com o Pros, Livre, PMN e DEM.

 

Filiações na Rede

Já hoje acontece a festa de filiação da Rede, que ocorrerá a partir das 19h, na sede da Associação dos Engenheiros Agrônomos do Estado de Sergipe (AEASE). Entre os filiados o coronel Rocha, que é pré-candidato a deputado federal em 2018.

 

Pelo interior 1

O pré-candidato a governador Belivaldo Chagas (PMDB) circulou bem no final de semana. Na sexta-feira à noite foi a abertura do Festival de Artes de São Cristovão, junto com o governador Jackson Barreto (PMDB). No sábado a tarde, em Maruim, participou de um ato com lideranças políticas do Vale do Cotinguiba e a noite voltou ao Festival de Arte de São Cristóvão, onde esteve acompanhado do prefeito Marcos Santana, do vice Adilson Júnior e do presidente do PDT, Fábio Henrique.

 

Pelo interior 2

Já no domingo, Belivaldo participou de uma reunião organizada pelo ex-prefeito Padre Raimundo Leal (Cristinápolis), em sua residência, com a presença de mais de 500 lideranças políticas e líderes comunitários que referendaram seu nome para o governo.

 

Novos encontros

 

Belivaldo Chagas aguarda as reuniões a serem marcadas pelo PDT, PCdoB, PRB e PODEMOS com suas lideranças, em apoio ao seu nome. Já realizaram a reunião PT, PSD e PMDB.

 

Julgamento no TJ 1

Está na pauta do pleno do Tribunal de Justiça de Sergipe de amanhã o pedido de afastamento do deputado estadual Adelson Barreto Filho (PR). O parlamentar responde a processo pela acusação, quando vereador de Aracaju, de envolvimento em suposto desvio de verbas indenizatórias repassadas pela Câmara Municipal, chegando, inclusive, a ser preso em 2016.

 

Julgamento no TJ 2

É o 3º suplente da coligação Daniel Fortes (PEN) quem pede o seu afastamento para que possa assumir o mandato, que já foi dos deputados Valmir Monteiro e Gilson Andrade, eleitos prefeitos em 2016 em Lagarto e Estância respectivamente.

 

No Senado 1

A Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) realizou ontem uma audiência pública com representantes de sindicatos federais e estaduais para debater o projeto que permite a demissão de servidores públicos por insuficiência de desempenho (PLS 116/2017), de autoria da senadora Maria do Carmo Alves (DEM-SE). Os participantes criticaram duramente a proposta e afirmaram que o serviço público passa por um processo de desmonte.

 

No Senado 2

O senador Paulo Paim (PT-RS), autor do pedido de audiência pública, disse que a medida fragiliza ainda mais a situação do servidor. O projeto de lei está com o relator, senador Airton Sandoval (PMDB-SP), na Comissão de Assuntos Sociais, que realizará novo debate sobre o tema.

 

 

 

Velho Chico 1

A transposição do rio Tocantins para o rio São Francisco será discutida amanhã em audiência pública da Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo (CDR). A audiência foi solicitada pelo senador Elmano Férrer (PMDB-PI), que defende que “a abundância hídrica da bacia do rio Tocantins pode ser a salvação para a agonizante situação do rio São Francisco”.

 

Velho Chico 2

Para participar do debate, foram convidados Antônio de Pádua de Deus Andrade, secretário de Infraestrutura Hídrica do Ministério da Integração Nacional; Sérgio Koide, professor do Departamento de Engenharia Civil e Ambiental da Universidade de Brasília (UnB); e Hypérides Macêdo, engenheiro civil e consultor na área de recursos hídricos. Também devem comparecer à audiência: representantes do Conselho Nacional de Recursos Hídricos, da Agência Nacional de Águas e do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA).

 

Veja essa...

O Ministério Público Federal (MPF) informou que cerca de 70% dos casos envolvendo autoridades, em tramitação no Supremo Tribunal Federal (STF) e no Superior Tribunal de Justiça (STJ), tratam de crimes relacionados à corrupção. Apresentou esses dados ontem durante um evento referente ao Dia Internacional de Combate à Corrupção, celebrado no dia 9 de dezembro, promovido pelo MPF e o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP).

 

CURTAS

 

A Assembleia Legislativa entra em recesso parlamentar a partir do dia 15 de dezembro. Deve está votando o Orçamento do Estado do exercício de 2018 até essa quinta-feira, 7.

 

Do pré-candidato a governador Mendonça Prado (PPS): “O PPS de Sergipe não para de crescer e isso tem incomodado muita gente. Mas, não tem jeito o PPS vai continuar crescendo e vai incomodar mais”.

 

O presidente da Juventude de São Paulo e candidato a presidente da Juventude Nacional do PSDB, Marcos Saraiva, esteve ontem em Sergipe conversando com o presidente da legenda no estado, o senador Eduardo Amorim. Falaram da Convenção Nacional do partido, que acontece no próximo dia 9, em São Paulo.

Ficou definido que Sergipe irá compor a chapa nacional, com o advogado Herbert Pimenta, presidente do ITV Sergipe, sendo o coordenador jurídico nacional do PSDB Jovem. O presidente do PSDB Jovem de Sergipe, Matheus Ramalho; e o secretário de Finanças, André Doria, participaram do encontro.

 

 

 

Foto legenda 

Prefeitos e vereadores de Sergipe participaram ontem, no auditório do TCE, do lançamento do projeto de Revisão dos Limites Municipais de Sergipe, que tem a participação da Assembleia Legislativa, através da Comissão Parlamentar de Atualização dos Limites Municipais; de técnicos da Secretaria de Estado de Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplag), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e da Procuradoria Geral do Estado (PGE). Na oportunidade, o presidente do TCE, Clóvis Barbosa, colocou os equipamentos da Casa, como drones e câmeras, à disposição do projeto que deve ser finalizado em dois anos.