A candidatura de Dr.Emerson

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 07/12/2017 às 06:21:00

Eleito vereador de Aracaju pelo PT em 2012, o médico Emerson Ferreira deixou o partido no decorrer do mandato e se filiou a Rede Sustentabilidade. Em 2016, desistiu de disputar a reeleição de vereador por almejar concorrer a Prefeitura de Aracaju.

Fechada às urnas e aberto os votos, Dr. Emerson conquistou um quarto lugar na disputa pela prefeitura ao obter 23.190 votos, o equivalente a 9,01% dos votos válidos. Praticamente ficou empatado com o então prefeito João Alves Filho (DEM), que amargou um terceiro lugar nas eleições com apenas 25.715 votos, o correspondente a 9,99% dos votos válidos.

Com cerca de 2.500 votos a menos que João Alves, Dr. Emerson ficou bem a frente de dois outros nomes da política sergipana que vem disputando eleições majoritárias nos últimos pleitos: Sonia Meire (PSOL), que obteve apenas 2,50% dos votos válidos, e Vera Lúcia (PSTU), que conseguiu apenas 1,66% dos votos válidos. Os votos de João Tarantella (PMN) não foram computados.

Motivado por um empate técnico nas urnas com o então prefeito João Alves e com o atual momento político do país - que passa pela mais grave crise política, ética e moral pelos vários escândalos de corrupção - Dr. Emerson que voar mais alto nas eleições de 2018. Vai disputar o governo do estado pela Rede, que terá Marina Silva novamente como candidata a presidente da República.

O seu nome foi lançado anteontem à noite, na sede da AEASE, com a presença de militantes da Rede e lideranças do PV, com quem o partido deve se aliar em 2018. 

Na oportunidade aconteceu o lançamento dos nomes dos pré-candidatos ao Senado, a deputado federal e deputado estadual.  Para senador, foram colocados quatro nomes que vão dialogar internamente na busca pelo consenso em torno dos dois que serão candidato ao Senado. Os nomes apresentados foram o do servidor público Eduardo Barbosa, do cantor e jornalista Rivando Gois, do major da PM Ildomário e do jovem ambientalista Fernando Carvalho.

Para Dr. Emerson, a Rede apresenta a sociedade sergipana uma “alternativa de ruptura da polarização entre governistas e a oposição com DNA governista”.

Dr. Emerson é o terceiro pré-candidato a governador já lançado. Os outros dois são: Belivaldo Chagas (PMDB) e Mendonça Prado (PPS). A expectativa agora é quem será o candidato a governador do agrupamento liderado pelos senadores Antônio Carlos Valadares (PSB) e Eduardo Amorim (PSDB), e o deputado federal André Moura (PSC).

................................................................................................................

 

Finisa 1

Os deputados estaduais aprovaram ontem, em plenário da Assembleia Legislativa, uma alteração no Projeto de Lei do Executivo que trata de autorização para operação de crédito junto a Caixa Econômica no valor de R$ 560 milhões para investimentos em obras de infraestrutura, saneamento e recuperação de rodovias estaduais. A alteração foi por exigência da CEF.

 

Finisa 2

Informações chegadas à coluna dão conta que o governador Jackson Barreto (PMDB) só aguarda a liberação do financiamento do Finisa para que possa dar a ordem de serviço das obras e deixar o governo para concorrer ao Senado. Será o vice Belivaldo Chagas (PMDB) quem vai tocar as obras.

 

Unit em Boston

No próximo dia 14 de dezembro o governador, acompanhado do secretário Jorge Carvalho (Educação), viaja a Boston, nos Estados Unidos, para inauguração da primeira unidade da Unit fora do país em parceria com a University Massachussets Boston. Vai prestigiar o reitor Jouberto Uchôa.

 

Convenção do PMDB 1

JB retorna dos Estados Unidos e já vai participar da Convenção Nacional Extraordinária do PMDB, que ocorrerá no dia 19 de dezembro, em Brasília, no Centro Internacional de Convenções do Brasil. Devem participar também da convenção os peemedebistas Fábio Reis, Luciano Bispo, Garibalde Mendonça, João Augusto Gama e Benedito Figueiredo.

 

Convenção do PMDB 2

Essa convenção, adiada várias vezes, visa adequar o estatuto às normas da nova lei eleitoral. Nesta convenção serão feitas apenas as alterações de adequação legal, como criar uma comissão com membros de cada movimento (Mulher, Jovem, Trabalhista, Afro), da Fundação Ulysses Guimarães e da própria Executiva.

 

Convenção do PMDB 3

O presidente nacional do PMDB, Romero Jucá, já encaminhou para cada estado a cópia do estatuto com os ajustes que estão sendo feitos de acordo com a lei eleitoral.  O estatuto também foi publicado no Diário Oficial da União um mês antes da data proposta para a convenção.

 

Sem indenização

O histórico do velho PCB, Wellington Mangueira, esteve em Brasília, no Ministério da Justiça, querendo saber por que até hoje o ministério não pagou a indenização de Asclepíades José dos Santos, militante do velho PCB, que foi preso e torturado na Operação Cajueiro, durante a ditadura militar. “A Comissão da Anistia, por unanimidade, votou pelo pagamento da indenização a Asclepíades, que o ministério engavetou a portaria”, afirmou Mangueira, enfatizando que ele está hoje com quase 90 anos e doente.

 

Fica na Alese 1

O deputado estadual Tijoi Evangelista (PR) permanecerá na Assembleia Legislativa. Ontem o pleno do Tribunal de Justiça do Estado não acatou o pedido de afastamento do parlamentar feito pelo PEN, para que assumisse a sua vaga o suplente Daniel Fortes, motivado pelo fato dele - como ex-vereador que deixou a Câmara Municipal no início deste ano para assumir mandato na Alese como suplente - responder a processo criminal por suposto envolvimento em desvio de verbas de representação destinadas aos vereadores da Câmara de Aracaju.

 

Fica na Alese 2

Apesar do procurador do Ministério Público Estadual, Rony Almeida, ter dado parecer favorável a seu afastamento, a maioria dos membros do TJ acompanhou o voto do relator Osório Ramos Filho favorável a sua permanência na Alese. Acompanharam o voto do relator os desembargadores Rui Pinheiro, Luis Mendonça, Edson Ulisses, José dos Anjos, Alberto Romeu, Diógenes Barreto e as juízas convocadas Ana Bernadete e Maria Angélica. Foram contrários Roberto Porto, Ricardo Múcio e Iolanda Guimarães.

 

Filiação no PPS 1

O suplente de senador Laurinho Menezes se filiou ontem ao PPS e vai disputar mandato de deputado federal pela legenda, junto com os já filiados Jorge Alberto e César Prado.  Quem também se filiou a legenda  foi o ex-prefeito de Monte Alegre, Osmar Farias, que também concorrerá a Câmara dos Deputados.

 

Filiação no PPS 2

Outras lideranças da capital e interior se filiaram também ontem ao PPS, a exemplo de Edson da Celti. Não aconteceu as esperadas filiações do ex-superintendente da PF em Sergipe, Kércio Pinto, e do ex-vereador de Aracaju Jailton Santana.

 

Ponto de vista

O pré-candidato a Senador pelo PPS, ex-deputado federal João Fontes, está confiante no bom desempenho que o partido terá nas eleições de 2018 com pré-candidatura própria ao governo do Estado, com o nome de Mendonça Prado. “O povo está cansado dos antigos políticos, quer renovação. Vamos eleger o governador, um senador, um deputado federal e três deputados estaduais”, aposta JF.

 

Nova mobilização de Temer

O líder do governo no Congresso, André Moura (PSC-SE), participou ontem de um café da manhã com o presidente Michel Temer; o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ); os líderes dos partidos aliados e ministros. No cardápio, novas negociações pela aprovação da reforma da Previdência, que o governo deseja votar o texto na Câmara ainda este ano, mas precisa de 308 votos para sua aprovação.

 

Velho Chico

Especialistas apresentaram ontem, durante audiência pública no Senado, opções para fornecer mais água ao canal do Rio São Francisco, evitando o colapso no fornecimento de água a várias cidades nordestinas. Em audiência pública na Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo do Senado (CDR) eles afirmaram que estão em risco o abastecimento de água para consumo humano, a irrigação e a geração de energia elétrica no Nordeste. A ideia é transpor as águas do Rio Tocantins para o Rio São Francisco, que existe há mais de 30 anos.

 

Veja essa...

Depois de sete anos de mandato o deputado federal campeão de votos, o palhaço Tiririca (PR-SP), usou ontem a tribuna da Câmara para dizer que aquela era a primeira e também a última vez que usava a tribuna, pois queria anunciar que desistirá da vida parlamentar por estar envergonhado com a classe política e com a corrupção. Admitiu que não tem traquejo para o jogo da política e não tem estômago para digerir certas ações do Parlamento.

 

 

 

CURTAS

 

 Do pré-candidato ao Senado, Heleno Silva, ao ser questionado se tem alguma novidade no PRB: “Já falamos demais. Vamos ficar quietos até o Natal”.

 

O prefeito Edvaldo Nogueira anuncia hoje a programação do réveillon 2018 na Orla de Aracaju. Será às 9h, no auditório da prefeitura.

 

Os vereadores Américo de Deus (Rede) e Jason Neto (PDT) parabenizam o prefeito pelo esforço em buscar parcerias para que a festa possa ser realizada.

 

Elber Batalha - que substitui Antônio Carlos Valadares (PSB) no Senado por 121 dias -  presidiu ontem, por algumas horas, a sessão do Senado.

 

Foi realizada na manhã de ontem, na Câmara Municipal de Aracaju, uma Audiência Pública para debater a Lei Orçamentária Anual (LOA) para o exercício 2018.

 

A explanação das receitas e despesas previstas para o próximo exercício foi realizada pelo secretário municipal de Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplog), Augusto Fábio.

-

 

Foto legenda 

 

O líder do governo no Congresso, André Moura (PSC), acompanhou o prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB) nas visitas aos ministérios em Brasília. Ontem, os dois estiveram com o ministro Alexandre Baldyu (Cidades), discutindo o Projeto de Mobilidade Urbana de Aracaju. Já anteontem, André acompanhou Edvaldo na visita ao ministro Ricardo Barros (Saúde), visando reivindicar o aumento do teto de recursos enviados para Aracaju e uma remuneração melhor para as UPAs das Zonas Norte e Sul.

O prefeito disse que estava feliz por ter encontrado mais um canal de diálogo, viabilizado pelo deputado André Moura, para tentar resolver logo os problemas na saúde. “Espero manter a tradição de vir a Brasília e voltar com boas notícias para Aracaju”, disse.