Angélica diz que desconhece boatos sobre negociações financeiras

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
A presidente da Assembleia, Angélica Guimarães
A presidente da Assembleia, Angélica Guimarães

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 19/09/2012 às 02:45:00

Boatos de que estão existindo negociações financeiras para que os deputados garantam o voto num dos candidatos ao cargo de conselheiro no Tribunal de Contas irritaram a presidente da Assembleia Legislativa, deputada Angélica Guimarães (PSC). "Eu não falo sobre boatos, até porque eu não tive nenhum conhecimento sobre esse boato de que esteja se oferecendo dinheiro em troca de voto", reagiu.

"É preciso saber quem está dizendo essa estória. Quem assume isso. É preciso que alguém assuma para que possamos tomar as providencias", cobrou a presidente da Assembleia. Estão inscritos na disputa pela vaga de conselheiro do TCE o secretário da Educação Belivado Chagas e a deputada estadual Susana Azevedo.

"Isso nunca existiu e nem está existindo", garantiu a deputada Angélica, reforçando que é preciso que apareça o autor da denúncia para que a Casa possa se manifestar. "É preciso que alguém assuma e tenha provas, até porque, o ônus da prova cabe a quem alega".