Vendas aumentaram no comércio sergipano

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 27/12/2017 às 06:49:00

A Câmara dos Dirigentes Lojistas de Aracaju informou na manhã de ontem que registrou aumento na venda de presentes e demais produtos destinado ao Natal. A perspectiva, que antes variava entre as casas de cinco e seis por cento, se comparado ao mesmo período do ano passado, foi atingido e a expectativa agora é que as compras destinadas às festividades de réveillon continuem aquecendo o setor em todos os polos comerciais da capital sergipana. Para isso, a CDL segue garantindo melhores condições para pagamento, variedade de produtos e segurança redobrada por parte da Polícia Militar.

Paralelo às vendas positivas registradas até a tarde do último domingo, 24, as 48 horas após o Natal tradicionalmente resultam em leve aumento nas vendas. De acordo com Breno Barreto, atual presidente da câmara, o processo de troca de presentes recebidos antes do dia 25 acaba contribuindo para que as pessoas adquiram produtos para si próprio e aproveitem a oportunidade para aquisição de vestuário para aguardar a chegada do ano novo. Muitos lojistas avaliam o momento para a venda de produtos na modalidade 'casadinha'; ou seja, troca o presente recebido, adquire outros produtos teoricamente destinados ao Natal, e ainda saem com mercadorias típicas do réveillon.

"Esse índice ainda vai aumentar um pouco, elevação leve, mas que já nos deixa satisfeito pelos números alcançados até o momento. Depois de alguns anos de extrema dificuldade percebe-se que o cenário começa a mudar para melhor. Longe ainda do que desejávamos, mas muito melhor do que outras datas comemorativas onde o índice de crescimento nas vendas não passou de 1%", declarou. A esperança de seguir nesse ritmo evolutivo também se baseia ao número de turistas que estão desembarcando em Aracaju para passar o réveillon. Segundo dados da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis Sergipe (ABIH), o índice de ocupação nos hotéis já alcançam a casa dos 85%.

"Como tivemos um Natal considerado melhor que o ano passado e bastante promissor para o futuro próximo, não podemos negar que essas notícias vindas de outros setores também nos deixam esperançosos. Os turistas são fundamentais para o fortalecimento da nossa economia, e saber que a ocupação segue aumentando provoca uma esperança de ano novo de comércio movimentado", pontuou Breno. O balanço geral das vendas referentes às festas de final de ano serão apresentadas pela direção da Câmara dos Dirigentes Lojistas na próxima semana. O horário de funcionamento segue em caráter especial, assim como ocorre desde o início deste mês. (Milton Alves Júnior)